Conecte-se Conosco

Notícias

Amazonas entrega 4 milhões de alevinos a 1,6 mil piscicultores

Publicado

em

Foto: Isaac Maia/Sepror

O governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), forneceu aproximadamente 4 milhões de alevinos e pós-larvas de tambaqui e matrinxã, durante os primeiros cinco meses de 2024, para 1.682 piscicultores em 26 municípios do estado.

Os alevinos são originários do Centro de Tecnologia, Produção e Conservação de Recursos Pesqueiros (CTPC), vinculado à Sepror, e está situado no distrito de Balbina, em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

“É uma forma de incentivar a piscicultura amazonense”, destacou o secretário de Produção Rural, Daniel Borges.

O CTPC, que tem um acordo de cooperação com a Eletrobras, é referência nacional na produção de peixes nativos, como o tambaqui e a matrinxã, disse Borges.

Publicidade

Gratuito
A produção de pós-larvas e alevinos é distribuída gratuitamente aos piscicultores em municípios com potenciais produtivos na atividade. Desde 2019, o centro de tecnologia produziu mais de 45 milhões de alevinos, por meio de suas 900 matrizes de peixes.

“Essa visita do secretário é um reconhecimento ao nosso trabalho na Estação de Piscicultura em Balbina. Aqui temos alevinos e pós-larvas com genética e qualidade sanitária, sendo entregue na porta do produtor, nas comunidades rurais e também desenvolvendo a pesquisa”, destacou Mário Baracho, gerente do Centro de Piscicultura.

A entrega dos alevinos resultou em uma produção de pescado avaliada em aproximadamente 7,5 mil toneladas nos últimos meses. O período de engorda do peixe é em torno de 12 a 14 meses, obtendo cerca de 2,8 quilogramas por exemplar.

A secretaria destaca que neste período promoveu cinco Dias de Campo com participação de 201 piscicultores; elaboração de 11 projetos aquícolas; 216 ações de apoio ao licenciamento ambiental; além de 12 cursos de capacitação em Boas Práticas de Manejo e Gestão na Piscicultura que beneficiaram 211 alunos.

Municípios

Publicidade

O alcance do repasse de pós-larvas e alevinos contemplou os municípios de Autazes, Coari, Manaus, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Eirunepé, Envira, Itamarati, Benjamin Constant, Codajás, Careiro,Amaturá, Anori, Coari, Barreirinha, Manaus, Manacapuru, Maués, Careiro Castanho, Codajás, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Iranduba, Novo Aripuanã, Borba e Itacoatiara.

Um dos beneficiados, o piscicultor da zona rural de Manaus José Venâncio, diz que mantém dois tanques em sua propriedade. Neste ano, ele já recebeu mais de 2 mil alevinos, comentando que o fomento incentivou sua produção, além de diminuir os custos na piscicultura.

“É muito importante receber os alevinos, porque o custo de um milheiro é R$ 250. Então, é um gasto. E como recebi esse benefício, já ajuda muito, é um incentivo no início da minha produção. Com essa aquisição do Governo, favorece muito nós que somos piscicultores”, finaliza José.

Atualmente, o Amazonas ocupa a 5ª posição no ranking nacional, com uma produção de 21,3 toneladas de peixes, sendo o tambaqui e a matrinxã, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

*Sob supervisão de Luis Roberto Toledo

Publicidade

Vitória Rosendo

Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com

Mídia Rural, sua fonte confiável de informações sobre agricultura, pecuária e vida no campo. Aqui, você encontrará notícias, dicas e inovações para otimizar sua produção e preservar o meio ambiente. Conecte-se com o mundo rural e fortaleça sua

Continue Lendo
Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

‘Amazônia Que Eu Quero 2024’: assista ao painel “Bioeconomia: soluções inovadoras para a Amazônia”

Publicado

em

‘amazonia-que-eu-quero-2024’:-assista-ao-painel-“bioeconomia:-solucoes-inovadoras-para-a-amazonia”

g1 transmite o evento, que ocorre em Manaus, na noite desta quarta-feira (11). ‘Amazônia Que Eu Quero 2024’: assista ao painel “Bioeconomia: soluções inovadoras para a Amazônia” g1 transmite o evento, que ocorre em Manaus, na noite desta quarta-feira (11).

Continue Lendo

Notícias

Chegada de friagem pode derrubar temperaturas para 15°C em RO, aponta Sipam

Publicado

em

chegada-de-friagem-pode-derrubar-temperaturas-para-15°c-em-ro,-aponta-sipam

Rondoniense já podem tirar o casaco do guarda-roupa. Calor intenso deve ser amenizado por uma forte frente fria que chegará no sul a Amazônia no final da semana, segundo a previsão do tempo do Censipam. Calor intenso deve ser amenizado por uma forte frente fria que chegará no sul a Amazônia no final da semana
Lauane Sena/G1
Em Rondônia, o calor intenso será amenizado por uma friagem que deve começar neste final de semana. No Cone Sul do estado, as temperaturas podem despencar e atingir os 15°C, segundo a previsão do tempo do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).
❄️🥶A previsão é que a frente fria chegue ao sul da Amazônia com forte intensidade e derrube as temperaturas em toda a região, inclusive em Rondônia, informou o Censipam.
De acordo com o órgão, as temperaturas devem começar a diminuir no final da tarde da próxima sexta-feira (12). O dia deve ser parcialmente nublado a nublado com pancadas isoladas de chuva e trovoadas entre a tarde e a noite na Capital, Vale do Jamari, na Zona da Mata e em outras regiões.
Nas demais áreas, a previsão é de céu nublado a encoberto, com possibilidade de chuva fraca ao longo do dia. Ainda fará calor durante o dia, mas a partir da tarde a temperatura começará a declinar com a chegada da friagem, conforme a previsão do tempo.
Ainda segundo o Censipam, as temperaturas podem diminuir em todas as regiões do estado, e em algumas cidades, como no Cone Sul, podem chegar aos 15°C.
Sexta-feira (12)
Previsão do tempo em Rondônia
Sábado (13)
Previsão do tempo em Rondônia
Domingo (14)
Previsão do tempo em Rondônia

Continue Lendo

Notícias

Empresário morre eletrocutado em caixa d’água enquanto fazia manutenção de uma bomba em RO

Publicado

em

empresario-morre-eletrocutado-em-caixa-d’agua-enquanto-fazia-manutencao-de-uma-bomba-em-ro

Homem foi socorrido por familiares. Filho do empresário presenciou o acidente. Altaci Martins do Carmo, empresário vítima de acidente durante manutenção de irrigação em RO
Reprodução/redes sociais
Um empresário identificado como Altaci Martins do Carmo, de 60 anos, morreu eletrocutado após tentar fazer uma manutenção em bomba de irrigação e cair em uma caixa d’água, na quarta-feira (10). O acidente aconteceu na empresa da vítima, localizada na zona rural de Porto Velho.
De acordo com a polícia, o filho da vítima presenciou o acidente e contou que o incidente aconteceu após uma queda de energia. Altaci decidiu fazer uma manutenção na bomba de água usada para irrigar a plantação de verduras por meio da hidroponia.
Em um descuido o idoso perdeu o equilíbrio e caiu na caixa d’água junto com a fiação elétrica, levando assim uma forte descarga. O homem foi socorrido por familiares e retirado da caixa d’água.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi chamado para fazer os primeiros socorros, mas a vítima já estava sem vida.

Continue Lendo

Tendência