Conecte-se Conosco

Mato Grosso

2ª noite do festival A Voz de Água Boa 2024 e o resultado classificatório de todas as categorias

Publicado

em

Fotos: Ascom – AB

A segunda noite do festival da canção A Voz de Água Boa 2024, nesta sexta-feira (31) foi tão espetacular quanto a primeira, na noite anterior, na praça da cultura.

 

 

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade

Dessa vez o evento reuniu os candidatos remanecentes da categoria infantojuvenil, Yasmim Marielli Ferreira Lopes, Guilherme Soares Seki e Pedro Augusto Costa da Silva.

E o palco também recebeu os candidatos da categoria adulto: Adelaine Pereira Dos Santos Reis, Cristiane Raquel Ferreira Candido, Osmar Souza Farias Junior, Tulio Pereira Dos Santos, Dienifer Fernanda Lopes Freitas, Asmet Sainté To, Victor Braym Costa Vieira, Michelli Marchioretto Alves Da Silva, Wagna Cristina B.S. Baumgardt, Marcia Liell Cassol, Fabiano Tidre, Andre Borges E Leandro Viola, Vanderlei Texeira Dos Santos, Letycia Correia Duarte, Marco Aurélio Sousa Neves, Gracileia Soares Santos, Jhenifer Wagna Ferreira, Eduardo Souza, Francinete Soares Da Silva, Nazareno M Dos Santos, Jackeline Almeida Silva, e Karita Silva Lima.

Novamente os jurados Claudinei Gomes, Marcus Vinícius Silva, Xico Ferrari e Billy Brasil, tiveram trabalho para dar suas notas, devido a quantidade de boas apresentações. Mas no final da noite, foram selecionados os 5 classificados de cada categoria para a grande final que acontecerá neste sábado (1/06).

 

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade

 

 

Classificação Infantojuvenil: (em ordem aleatória)

• Guilherme Soares Seki

• Raul Vitor de Oliveira Milnikel

Publicidade

• Pedro Augusto Costa da Silva

• Yasmim Marielli Ferreira Lopes

• Marco Antônio Vagner Rodrigues (Canarinho do Vale)

Classificação Gospel: (em ordem aleatória)

• Tatiane de Jesus Severo da silva

Publicidade

• Mikaelly Soares

• Rosangela Kist e Marcos Kist

• Cristiane Cavalcante

• Paulo Marcos

Classificação Adulto: (em ordem aleatória)

Publicidade

• Gracileia Soares Santos

• Jhenifer Wagna Ferreira

• Dienifer Fernanda Lopes Freitas

• Wagna Cristina B.S. Baumgardt

• Victor Braym Costa Vieira

Publicidade

Estes vão concorrer neste sábado (1/06) aos prêmios de primeiro a quinto lugar em cada categoria e para o vencedor gospel e adulto, à assessoria e gravação de uma música no estúdio do produtor musical Xico Ferrari, em Goiânia.

Ao final da segunda noite, o cerimonialista Geison Bissolotti e o jurado Xico Ferrari, deram uma palinha de seu talento, tocando e cantando a música ‘Será’ de Legião Urbana e uma composição própria inédita que pretende ser lançada em breve nas plataformas musicais.

Tener Baumgardt – Ascom/AB

Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com

Publicidade

Mídia Rural, sua fonte confiável de informações sobre agricultura, pecuária e vida no campo. Aqui, você encontrará notícias, dicas e inovações para otimizar sua produção e preservar o meio ambiente. Conecte-se com o mundo rural e fortaleça sua

Continue Lendo
Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Governo de MT sanciona fundo para receber doações para criação de parques

Publicado

em

O Fundo Amigos da Floresta foi proposto pelo governador Mauro Mendes para receber recursos para a manutenção das Unidades de Conservação Estaduais.

O governador Mauro Mendes sancionou a criação do Fundo Amigo da Floresta – 3F, que permite que o Governo de Mato Grosso receba doações de recursos para a criação, regularização e manutenção de parques e unidades de conservação no Estado.

A Lei 12.548 foi publicada no Diário oficial do Estado nesta quinta-feira (13.06). “Essa iniciativa é uma forma de mostrar quem realmente quer preservar. O Governo de Mato Grosso está fazendo a sua parte, mas cuidar do meio ambiente é um dever de todos. É o momento das ONGs e países que dizem defender a preservação mostrarem isso na prática, destinando recursos para isso”, afirmou o governador Mauro Mendes.

O Fundo Amigos da Floresta foi proposto pelo governador Mauro Mendes para receber recursos para a manutenção das Unidades de Conservação Estaduais existentes. O 3F também poderá custear indenizações em caso de regularização fundiária para criação de novos parques.

Conforme a legislação, qualquer pessoa, física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira, pode fazer a doação de recursos, inclusive organizações não governamentais, assim como organismos internacionais.

A gestão e execução do Fundo serão feitas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), que fica responsável pela deliberação do custeio dos projetos e ações específicas para manutenção, regularização e criação de unidades de conservação.

Publicidade

O 3F também terá um Conselho de Administração, com função normativa e deliberativa, cuja composição e o número de integrantes serão definidos por decreto.

A lei ainda prevê a criação do Selo 3F, que será concedido pela Sema para os doadores dos recursos. Serão dois tipos de selo: o Investidor das Florestas, para quem destinar recursos para o financiamento integral para criação de novas Unidades de Conservação, e o selo Protetor das Florestas, para aqueles que destinarem recursos para a regularização e manutenção das Unidades de Conservação que já existem no Estado.

Camilla Zeni | Secom-MT

Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com

Publicidade
Continue Lendo

Mato Grosso

Cana-de-açúcar: PL de Botelho normatiza registro de estabelecimentos e produtos

Publicado

em

Objetivo do projeto é reduzir a burocracia e custos da produção em áreas rurais de Cuiabá e MT –  Fotos: Vanderson Ferraz

 

Tramita na Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e de Regularização Fundiária – CADFARF, o Projeto de Lei 650/24 que normatiza o registro de estabelecimentos e produtos provenientes da cana-de-açúcar, produzidos pela agricultura familiar ou empreendedor familiar rural. De autoria do deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT, o projeto inclui também cooperativas e associações.

A proposta foi aprovada hoje (12), em primeira votação na ALMT. A nova lei vai estabelecer normas gerais relativas ao registro de estabelecimentos e produtos de origem vegetal da cana-de-açúcar produzidos por agricultor familiar ou empreendedor familiar rural, agroindústria de pequeno porte e por cooperativa ou associação.

Conforme definição estabelecida pela Portaria MAPA Nº 539, de 26 de dezembro de 2022, são produtos derivados de cana-de açúcar: caldo, melado, rapadura, a aguardente e a cachaça.

Publicidade

Botelho diz que a proposta vai atender o agricultor e quem pratica atividades no meio rural. Além de atividades econômicas com mão-de-obra familiar. Agroindústria de pequeno porte; serviço de inspeção e manipulação de alimentos também estão contemplados.

De acordo com o texto do PL, os rótulos devem conter a descrição: produto artesanal da agricultura familiar; a denominação do produto; nome do agricultor familiar, cooperativa ou associação, bem como o endereço.

“Queremos desburocratizar o sistema de registro para agroindústria familiar e de pequeno porte. Simplificar e padronizar os procedimentos do registro dos produtos, rótulos, queremos que tudo seja informatizado. Essa é uma demanda antiga dos pequenos produtores que produzem e comercializam os produtos, principalmente nas feiras livres de Cuiabá”, explica o presidente da ALMT, autor do Projeto de Lei.

A gerência e padronização técnica desses produtos será feita por equipe exclusiva, especializada e permanente, formada por servidores efetivos da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar – SEAF/MT e do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso – INDEA/MT. E o registro da agroindústria familiar ou de pequeno porte terá validade de cinco anos.

Mais celeridade

Publicidade

Botelho destaca que tem feito um trabalho intenso para fortalecer a agricultura familiar. Cita a lei do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf), que certifica os produtos da agroindústria familiar e de pequeno porte a comercializar seus produtos em Mato Grosso.

“Já fizemos a lei do Susaf, temos feito um trabalho forte na agricultura familiar com a entrega de equipamentos. Esse projeto visa fortalecer os produtores de rapadura, melado, cachaça artesanal, entre outros. As informações obrigatórias no rótulo, garantem a qualidade do produto e ajuda na escolha do consumidor. Além disso, o produto artesanal da agricultura familiar e produto de alambique da agricultura familiar, é um diferencial importante no mercado. O registro destaca a origem e modo de produção, valorizando o trabalho dos pequenos produtores”, comemora Botelho.

(ITIMARA FIGUEIREDO)

Continue Lendo

Mato Grosso

Governo lança licitação para novo sistema de abastecimento de água em Barão de Melgaço

Publicado

em

Secom-MT

 

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) lançou licitação para construir um novo sistema de abastecimento de água para o município de Barão de Melgaço. A obra está orçada em R$ 5,8 milhões.

O objetivo da construção do novo sistema de abastecimento é garantir o fornecimento de água potável para 100% da população da sede do município. Serão construídos novos sistema de captação no Rio Cuiabá, adutoras e rede de distribuição.

O município também terá uma nova Estação de Tratamento de Água, construída em um lugar mais alto que o atual, e um novo reservatório metálico. O projeto prevê que a água chegue em pressão satisfatória até as residências.

Publicidade

Barão de Melgaço tem reportado problemas com o seu atual sistema de abastecimento nos últimos anos, com pontos de contaminação, falta de operação adequada, corrosões e vazamentos. Relatório realizado em 2023 mostrou que 90% das amostras coletadas não eram potáveis. Isso levou o município a decretar situação de emergência no ano passado.

Desta forma, a construção de uma nova Estação de Tratamento de Água é fundamental para promover a saúde no município e garantir qualidade de vida para a população.

A licitação será realizada no dia 24 de junho de 2024, por meio do sistema Siag da Seplag-MT.

Guilherme Blatt | Sinfra-MT

Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Enter ad code here

Tendência