Últimas Notícias
Destaques

Mercado nacional de carne bovina tem poucos negócios e nível de exportações cai

Nesta segunda quinzena de março, o mercado nacional de bovinos para abate enfrenta um período de baixa atividade, com poucos negócios sendo concretizados. De acordo com análises do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, muitos frigoríficos reportam escalas de abate prolongadas, o que tem levado os compradores a se manterem afastados do mercado interno, realizando novas aquisições apenas quando estritamente necessário. Essa dinâmica tem impactado negativamente nas cotações do boi gordo no mercado doméstico. Enquanto isso, no âmbito das exportações, as vendas brasileiras de carne bovina in natura apresentaram um ritmo mais lento durante a terceira semana de março. Dados da Secex revelam que os embarques diários ficaram em torno de 7,697 mil toneladas até o dia 15 deste mês, totalizando apenas 84,67 mil toneladas exportadas parcialmente em março. Em fevereiro, a média diária de embarques foi de 9,43 mil toneladas. No mesmo período do ano passado, em março de 2023, com a suspensão dos envios de carne bovina à China, a média diária foi ainda menor, totalizando apenas 5,408 mil toneladas, somando 124,39 mil toneladas no mês. Em março de 2022, a média diária foi praticamente a mesma que a registrada atualmente, alcançando 7,7 mil toneladas. Esses dados sugerem um cenário desafiador tanto para o mercado interno quanto para as exportações de carne bovina, destacando a necessidade de um acompanhamento cuidadoso da dinâmica do setor e possíveis ajustes por parte dos agentes envolvidos. Fonte: CenárioMT Foto: Reprodução Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário