Últimas Notícias
Destaques

Expansão Estratégica do Porto de Santos: Investimentos de R$ 10,6 Bilhões nos Próximos 5 Anos

O Ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, juntamente com o presidente da Autoridade Portuária de Santos (APS), Anderson Pomini, divulgará hoje os pormenores do plano de investimentos, ações e obras que visam expandir as atividades no Porto de Santos (SP). Investimentos Planejados e Parcerias O governo federal está comprometido em investir R$ 10,64 bilhões entre 2024 e 2028, representando um aumento substancial em comparação ao ciclo anterior de 2019 a 2023, que contou com a alocação de R$ 71,8 milhões para o porto. O financiamento total provirá de fontes variadas, incluindo recursos do governo federal, do governo de São Paulo e do setor privado. Do montante global, R$ 6 bilhões serão aportados pelo governo federal, R$ 3,6 bilhões pelo governo de São Paulo, e R$ 1 bilhão pela iniciativa privada. Projetos Estratégicos e Principais Investimentos O plano, desenvolvido em colaboração entre o Ministério de Portos e Aeroportos e a Autoridade Portuária de Santos, abrange 12 projetos estratégicos para a região portuária. Cerca de R$ 5,8 bilhões serão destinados à construção do túnel subterrâneo entre Santos e Guarujá, dividindo os investimentos entre o governo federal e o Estado de São Paulo. O segundo maior investimento contempla a transferência do terminal de passageiros (Concais) para a área do Valongo, com um valor estimado em R$ 1,4 bilhão, financiado por recursos do governo federal e do setor privado. O terceiro maior projeto envolve a ampliação da Ferrovia Interna do Porto de Santos (FIPS), com investimento estimado em R$ 1 bilhão. Impacto nos Setores Empresariais De acordo com a Levante Investimentos, esses investimentos planejados têm o potencial de beneficiar empresas como a Santos Brasil (STBP3) e a Rumo (RAIL3). O aumento da capacidade de transporte, de 50 milhões para 115 milhões de toneladas anuais, será realizado nos primeiros cinco anos do contrato, conforme indicado pela APS. O plano inclui ainda o aprofundamento do canal do porto para 16 metros, uma das iniciativas mais aguardadas pelo setor. Para isso, serão destinados R$ 324,1 milhões ao longo de cinco anos por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). O contrato vigente com a empresa Van Oord, assinado em dezembro, prevê a manutenção do canal em 15 metros, com um investimento total de R$ 277,2 milhões. O Ministro Costa Filho destaca que alcançar 16 metros é o primeiro passo crucial, com planos de uma PPP de 20 anos para elevar a profundidade do canal para 17 metros. Desenvolvimento Regional e Obras Adicionais Além do túnel Santos-Guarujá, o governo de São Paulo também investirá mais 600 milhões de reais nas obras da perimetral do porto, localizada na chamada margem esquerda, situada no município de Guarujá, conforme previsto no ambicioso plano de expansão. As informações são da Agência CMA. Fonte: Portal do Agronegócio Foto: Reprodução Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário