Últimas Notícias
Destaques

Aumento no abate de fêmeas em Mato Grosso pode impactar na oferta de bezerros

O intenso abate de fêmeas resultou no menor nível de fêmeas em idade reprodutiva, podendo impactar a oferta de bezerros no longo prazo. Segundo o Indea (Instituto Mato-grossense de Defesa Agropecuária), o rebanho de bovinos de Mato Grosso, em 2023, foi de 34,1milhões de animais. O intenso abate de vacas e novilhas nos últimos anos resultou na redução de 6,05% no volume de matrizes disponíveis (fêmeas em idade reprodutiva, ou > 24 meses). Com isso, a participação de fêmeas em idade reprodutiva no rebanho total de fêmeas atingiu o menor patamar da história, e ficou em 62,88% em 2023. Além disso, outro fator que demonstra o desestímulo dos criadores é a redução nos protocolos de inseminação artificial. Segundo a Asbia, a comercialização de doses de sêmen destinadas à pecuária de corte em 2023 foi 5,40% menor que em 2022 – queda pelo segundo ano consecutivo. Por fim, considerando que a pecuária é uma atividade plurianual, a redução no volume de matrizes poderá impactar a oferta de bezerros desmamados a partir do ano que vem, conclui o IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária). Só Notícias foto: arquivo/assessoria Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário