Últimas Notícias
Destaques

AGRO: Fomento à Piscicultura da Cocari explica as etapas de implantação da atividade nas propriedades rurais

Mas muitos produtores acabam ficando confusos na hora de iniciar a atividade, sem saber por onde começar. Por isso, entender e seguir cada etapa da implantação é importante para que a atividade atinja todo o seu potencial de rentabilidade. Primeiro passo - “O primeiro passo para produtor interessado na piscicultura é entrar em contato com o Fomento à Piscicultura da Cocari, que irá fornecer todo o auxílio necessário. Se o produtor que não é cooperado, a primeira ação é realizar a solicitação de cooperação junto à Cocari. Então, nós fazemos a avaliação da propriedade e um plano de ação com algumas recomendações e melhorias, caso necessário”, esclarece a supervisora Técnica do Fomento à Piscicultura da Cocari, Mariana Colhado. Melhorias - Estas melhorias podem incluir, por exemplo, o aperfeiçoamento dos acessos à propriedade ou adequações estruturais de armazenamento. Importante ressaltar que, atualmente, o Fomento à Piscicultura da Cocari atua em propriedades distantes até 200 quilômetros da Unidade de Beneficiamento de Pescado (UBP) da cooperativa, que fica em Alvorada do Sul. Projeto técnico - É necessário também desenvolver o projeto técnico da obra e o levantamento topográfico da propriedade. O Fomento à Piscicultura oferece todo o suporte ao produtor para que ele encontre o profissional que realiza os serviços. A etapa seguinte é a solicitação das licenças junto ao órgão ambiental responsável. Construção dos tanques - Com todas essas etapas concluídas, a construção dos tanques pode ser iniciada. O produtor recebe acompanhamento técnico do Fomento à Piscicultura da Cocari ao longo de todo o processo, auxiliando o cooperado a cumprir com todas as exigências de cada etapa. Preparação de viveiros - “A preparação desses viveiros que receberão os juvenis é de extrema importância, podendo influenciar na criação de tilápias durante todo o lote. Recomenda-se aplicação de cal virgem e calcário, a fim de corrigir o PH e manter uma estabilidade durante a criação, além de realizar a desinfecção do fundo de viveiro”, completa a supervisora técnica. Fonte: Assessoria de Imprensa Cocari Foto: Reprodução Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário