Últimas Notícias
Destaques

Suinocultura em transformação: novos modelos construtivos otimizam produção e bem-estar animal

Acompanhando o ritmo acelerado das inovações tecnológicas, a suinocultura moderna está testemunhando uma profunda transformação em seus modelos construtivos. As novas edificações surgem como resposta aos desafios crescentes da suinocultura, buscando otimizar o uso da mão de obra, intensificar o controle sanitário, promover um melhor manejo de resíduos e elevar o bem-estar animal. Unidades maiores e mais eficientes O foco principal recai sobre unidades de produção mais robustas, concentradas em blocos e totalmente focadas na biossegurança e no controle ambiental. Essa nova configuração garante um ambiente mais funcional, otimizando o fluxo de produção e facilitando o trabalho da equipe, o que se traduz em impactos positivos no desempenho produtivo e na lucratividade da granja. Unidades de produção de leitões Um exemplo emblemático dessa transformação reside na estruturação das unidades de produção de leitões, que agora se dividem em cinco galpões distintos: dois para gestação, dois para maternidade e um para reposição. Essa organização estratégica oferece uma série de vantagens dentro da suinocultura, desde a simplificação do gerenciamento das atividades diárias até a redução dos custos de construção e a otimização da saúde do rebanho. Benefícios da nova organização *Gerenciamento facilitado: divisão em cinco galpões facilita o trabalho da equipe de produção, permitindo um acompanhamento mais próximo e eficiente dos animais em cada fase de desenvolvimento. *Redução de custos: otimização do espaço e a padronização das instalações contribuem para a redução dos custos de construção e manutenção. *Melhor sanidade: criação de ambientes específicos para cada fase da vida dos leitões ajuda a prevenir doenças e fortalecer a imunidade do rebanho. *Uniformidade imunitária: presença de dois barracões de gestação garante maior uniformidade imunitária ao plantel, evitando a formação de subpopulações com diferentes níveis de proteção. Guilherme Nannini Foto: Ligados & Integrados Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário