Últimas Notícias
Destaques

Aprosoja aconselha os produtores a não efetuarem vendas imediatas ou futuras

A Aprosoja Brasil emitiu um alerta aos produtores de soja e milho diante da crise em curso. Com os preços em queda, custos de produção elevados e produtividade em declínio, a entidade recomenda cautela extrema ao fechar negócios nos próximos meses. Diante da conjuntura desafiadora, a Aprosoja aconselha os produtores a não efetuarem vendas imediatas ou futuras, evitarem pressões de empresas para compras antecipadas, e adiarem investimentos ou expansões de área. Especificamente, alerta sobre a não aquisição de insumos, como fertilizantes, sementes e defensivos, cujos preços têm aumentado nas últimas safras, impactando negativamente a relação de troca. A situação atual mostra uma redução média de 33% na receita da atividade em comparação com a safra anterior, com margens já negativas em muitos estados devido a perdas decorrentes de fatores climáticos. Em Mato Grosso, por exemplo, a cotação da soja está em torno de 94 reais por saca, resultando em margens negativas. Antecipando um cenário ainda mais desafiador, com apenas 20% da safra nacional colhida e enfrentando doenças e anomalias fisiológicas, a Aprosoja estima perdas adicionais. A projeção nacional indica um estoque final negativo de 2,8 milhões de toneladas, destacando um risco iminente de desabastecimento. Além disso, a discordância entre as estimativas oficiais, como as da Conab, e as estimativas da Aprosoja Brasil revelam a dificuldade em capturar o verdadeiro impacto das perdas na safra atual. Métodos convencionais baseados em satélites ou análises visuais de campo não conseguem refletir precisamente os desafios enfrentados pelos produtores. Segundo o presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan, a quebra de safra é inevitável, e o risco de desabastecimento é real. Com o consumo interno em alta e a previsão de queda nas exportações, o dirigente questiona a origem da soja para suprir a demanda interna. agrolink Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário