Últimas Notícias
Destaques

Intempéries climáticas traz incertezas para a próxima safra de café

A safra de café 2024/25 permanece incerta devido à instabilidade climática e desafios econômicos internacionais, conforme apontado no boletim divulgado pelo Conselho Nacional do Café (CNC). O comunicado alerta para a preocupação contínua devido à inconsistência e volume das chuvas durante o enchimento dos frutos. A imprevisibilidade das condições meteorológicas torna desafiador fazer projeções precisas para o desempenho da produção. As dificuldades financeiras globais e as instabilidades relacionadas a conflitos também têm impacto nas projeções de consumo, com o CNC mencionando problemas enfrentados pelos tesouros americano e europeu, refletindo nas incertezas globais. Diante desses desafios, o CNC adota uma perspectiva mais cautelosa em relação à produção no país, considerando improvável ultrapassar a estimativa de 58,9 milhões de sacas (IBGE), conforme destacado no comunicado. O Conselho chama atenção para a possibilidade de agravamento do El Niño entre fevereiro e março, o que pode prejudicar a fase final de desenvolvimento do grão, requerendo atenção dos produtores. O próximo levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que será feito na próxima quinta-feira (18.01) deverá fornecer informações adicionais sobre o cenário futuro do café no Brasil, segundo o boletim da CNC. No último boletim de 2023, a Organização Internacional do Café (OIC) destacou o impacto do clima na produção global de café. A redução dos estoques mundiais em 2023 foi de 4,9 milhões de sacas, evidenciando os desafios enfrentados em diversas regiões produtoras, como ressaltado pela entidade. Fonte: Pensar Agro Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário