Últimas Notícias
Destaques

Exportações em alta e colheita afetam preços da soja

Os preços internos da soja no Brasil foram marcados por oscilações consideráveis na última semana, conforme revelam os levantamentos do Cepea. Embora tenha havido predominância de movimentos de baixa, as flutuações foram intensas, refletindo dinâmicas complexas do mercado. De acordo com os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os dias de alta foram impulsionados pelo ritmo acelerado das exportações da oleaginosa e pela baixa produtividade das primeiras lavouras colhidas no país. Por outro lado, as quedas nos preços estiveram associadas à maior disponibilidade de soja no Mercosul e à demanda doméstica enfraquecida. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), a parcial de janeiro (até o dia 19) registrou a saída de 1,95 milhão de toneladas de oleaginosa dos portos brasileiros. Essa quantidade já supera em impressionantes 132,7% o volume escoado em todo o mês de janeiro de 2023. A postura mais cautelosa dos sojicultores também é explicada pelas incertezas em relação à produção nacional. Conforme os números da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), até 20 de janeiro, a colheita atingiu 4,7%, ultrapassando os 2% registrados no mesmo período do ano anterior. A conjuntura complexa está impactando diretamente o mercado da soja, levando os produtores a adotarem uma postura mais conservadora diante das incertezas. fonte agrolink


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário