Últimas Notícias
Destaques

Exportações de carne de peru do Brasil crescem quase 20% em 2023

As exportações brasileiras de carne de peru encerraram o ano de 2023 com alta de 17,8%, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Ao todo, foram exportadas 69,8 mil toneladas do produto avícola no ano passado, contra 59,2 mil toneladas em 2022. As vendas geradas ao longo dos 12 meses de 2023 geraram receita de US$ 201 milhões, resultado 6,2% maior que o total do ano anterior, com US$ 189,3 milhões. Em dezembro, as vendas de carne de peru para o mercado internacional foram de 4,2 mil toneladas, volume 20,4% maior do que o embarcado no mesmo período comparativo de 2022, com 3,5 mil toneladas. A receita obtida com as vendas totalizou US$ 8,4 milhões, número 5,1% menor que o total realizado no décimo segundo mês de 2022, com US$ 8,9 milhões. O México, maior importador da carne de peru produzida no Brasil, importou, em 2023, 16 mil toneladas, número 4% menor em relação ao ano anterior. Em fluxo positivo, a África do Sul importou 12,9 mil toneladas (+38%) e a União Europeia, 10,8 mil toneladas (+239%). “As exportações de carne de peru têm mantido movimento ascendente nos últimos cinco anos, e ganhou especial impulso em 2023 com as vendas para a Europa e a África do Sul. A expectativa é que o ritmo se mantenha ao longo deste ano”, destaca o presidente da ABPA, Ricardo Santin. Análise De acordo com Santin, o crescimento das exportações de carne de peru do Brasil em 2023 foi impulsionado por uma combinação de fatores, incluindo a forte demanda internacional, a oferta competitiva do produto brasileiro e a valorização do real frente ao dólar. “No caso da Europa, o aumento das importações brasileiras de carne de peru foi resultado da recuperação da economia do continente após a pandemia de Covid-19. A África do Sul, por sua vez, vem se tornando um mercado importante para a carne de peru brasileira, em função do crescimento da população e do aumento da renda da classe média”, disse. Para o ano de 2024, a expectativa é que as exportações brasileiras de carne de peru continuem a crescer, impulsionadas pela forte demanda internacional e pela competitividade do produto brasileiro. Guilherme Nannini Foto: Cidasc/divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário