Últimas Notícias
Destaques

Com estoque reduzido, preço do arroz pode seguir firme em 2024

Os preços internos do arroz em casca devem permanecer firmes em 2024, sustentados sobretudos pelos menores estoques. Segundo pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, a sazonalidade da oferta (com maior volume de março a abril) e a necessidade de “fazer caixa” para pagamentos de custeios até podem elevar pontualmente a disponibilidade doméstica e, consequentemente, pressionar os valores, mas, na entressafra, os preços devem ficar firmes. No que se refere aos custos e receitas no Brasil, produtores devem iniciar este ano com maior otimismo que a safra anterior. Segundo pesquisas do Cepea, os preços estão nos maiores patamares históricos, em termos reais, enquanto os custos foram pressionados, abrindo a expectativa de uma boa margem operacional. Contudo, dois pontos devem ser destacados: há produtores que tiveram necessidades de replantios e custos maiores com operações de máquinas para preparação de áreas, diante de chuvas expressivas na região Sul e de casos de potencial produtivo menor. Além disso, é importante destacar que a cultura vem sofrendo há anos com baixos retornos; ou seja, uma melhor margem desta temporada deve ser apenas um alívio aos produtores de arroz. Fonte: CenárioMT com Cepea Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário