Últimas Notícias
Destaques

Transição entre períodos de seca e das águas exige manejo nutricional para garantir bom desempenho do rebanho

O manejo nutricional, a partir de um bom planejamento, é essencial para manter o bom desempenho dos animais e conseguir passar pela transição entre o período da seca e das águas, entre os meses de setembro a outubro. O pecuarista precisa ter esse olhar, já que a nutrição animal representa de 40% a 60% dos gastos totais de uma fazenda. Desta forma, a escolha do suplemento mineral impacta diretamente nos resultados do rebanho, de acordo com a médica-veterinária e coordenadora de Produtos da Connan, Júlia Marques. Na prática, isso quer dizer que as decisões tomadas sobre este planejamento irão impactar todo o rebanho. “Por isso, é fundamental que o produtor tenha suas prioridades bem definidas neste período para colher bons resultados a longo prazo”, comenta. A especialista comenta também que oferecer suplementos sem origem e sem qualidade certificada pode resultar em impactos negativos para o rebanho. Além disso, suplementos com níveis de garantia inadequados não irão suprir todas as necessidades dos animais. Desta forma, o fornecimento de um produto que propicie o consumo homogêneo dos minerais, tanto no sol quanto debaixo de chuvas, é ferramenta essencial para o bom desempenho do rebanho. Tecnologia desenvolvida pela Connan tem eficiência comprovada pela Embrapa Experimentos realizados pela Embrapa Gado de Corte de Campo Grande (MS) com o suplemento mineral Aglomerax, fabricado com a tecnologia única e exclusiva da Connan, comprovaram bons resultados a campo. De acordo com os estudos, durante o período das águas, o Aglomerax apresentou rendimento 16% superior quando comparado aos suplementos em pó, o que garante sucesso nos ganhos do rebanho, favorecendo a expressão do potencial genético do animal, saúde e ganho de peso. O percentual obtido é resultado de alguns diferenciais do Aglomerax. Nos três experimentos realizados nos últimos anos, foi comprovado que o suplemento com a tecnologia Aglomerax não empedrou, enquanto o suplemento em pó, sim. Além disso, foi observado que o suplemento da Connan apresentou menor perda por escoamento do cocho em situação de chuva. “Os ingredientes presentes no produto passam por um processo de aglomeração, garantindo que os minerais sejam fornecidos de maneira uniforme. Isso traz vantagens como consumo mais homogêneo e menor índice de empedramento”, explica Júlia. Em experimento realizado com gado em recria, houve tendência de ganho médio diário adicional de 40g/dia nos animais que receberam Aglomerax, em comparação com os animais tratados com suplemento em pó comum. “Isso ocorreu pela maior resistência do suplemento ao empedramento e maior estabilidade de consumo”, pontua a veterinária. Nos estudos práticos realizados, o suplemento em pó já se apresentou empedrado na primeira semana de fornecimento, enquanto Aglomerax manteve-se adequado até após 14 dias, o que demonstrou que o fornecimento de Aglomerax no cocho pode ser quinzenal, reduzindo o custo operacional. No último experimento, foi simulada uma situação real de empedramento de suplemento mineral no cocho. Nesse caso, Aglomerax promoveu maior estabilidade de consumo e tendência a maior ganho médio diário em relação a suplementos em pó comuns, permitindo 17% mais estabilidade neste cenário. “Esses resultados do Aglomerax em relação aos suplementos em pó são impactantes e devem ser considerados no momento da escolha do produto a ser utilizado. Além disso, os ganhos, na prática, são vantagens que fazem diferença em momentos críticos de mercado”, avalia a coordenadora. De forma resumida, os benefícios comprovados com a tecnologia Aglomerax, quando comparado aos suplementos em pó são palatabilidade, supre a necessidade dos animais, ganho de peso e eficiência reprodutiva. Em relação à comprovação de ganho de peso de até 40 gramas adicionais no GMD (Ganho Médio diário), isso ocorre por alguns motivos da tecnologia Aglomerax: resistência da solução ao empedramento e maior estabilidade do consumo. A diferença entre o Aglomerax e o suplemento em pó é que este tipo de produto exposto ao ambiente empedra e endurece no cocho, impondo mais dificuldade para o animal ingeri-lo. No entanto, com o Aglomerax, percebe-se um potencial de consumo mais regular, assim como um maior rendimento, o que se traduz em economia para o produtor, que vai gastar menos para ter um melhor desempenho do seu rebanho. Sobre a Connan Com sede em Boituva (SP) e filial em Campo Verde (MT), a Connan – Geração de Resultados iniciou suas atividades em 2004 e tem como principais acionistas os engenheiros agrônomos Fernando Penteado Cardoso Filho e Eduardo Penteado Cardoso, membros da família fundadora da empresa MANAH, do famoso slogan “Com MANAH adubando dá”, criado pelo patriarca Dr. Fernando Penteado Cardoso. Os dois irmãos, e sócios, também são detentores da patente Nelore Lemgruber, desenvolvendo e expandindo a genética na Fazenda Mundo Novo, localizada em Uberaba (MG). Com mais de 150 representantes comerciais, a Connan é a única empresa nacional a produzir o próprio fosfato bicálcico e possuir a tecnologia Aglomerax, o que lhe confere grande diferencial competitivo e garantia de qualidade dos produtos. Mais informações: http://www.connan.com.br. Attuale Comunicação Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário