Últimas Notícias
Destaques

Queijo mais caro do mundo custa R$ 160 mil

Se você é um verdadeiro apreciador de queijo, já deve ter se questionado até onde iria para saborear uma iguaria. Um restaurante espanhol fez história ao desembolsar a incrível quantia de 30 mil euros (aproximadamente R$ 160 mil reais) por uma única peça de 2,2 kg, estabelecendo um novo recorde mundial para o pedaço de queijo mais caro do mundo. A origem desse feito gastronômico está na cidade de Las Arenas de Cabrales, na Espanha, que todos os anos, em agosto, se transforma no epicentro de um concurso que celebra a excelência dos queijos Cabrales produzidos na região. Os primeiros colocados têm a honra de serem leiloados ao melhor lance. Mas o que faz ele ser tão especial e, consequentemente, valioso? O vencedor do leilão do queijo mais caro do mundo Durante o leilão de queijos Cabrales de 2023, o restaurante Llagar de Colloto, localizado em Oviedo, Espanha, fez história ao adquirir um pedaço de queijo artesanal por um valor que deixou muitos boquiabertos: 30 mil euros, o equivalente a aproximadamente R$ 160 mil reais. Mas o que o torna tão exclusivo? Fabricado pela queijaria Los Puertos de Poo, esse queijo de 2,2 kg é uma verdadeira obra-prima. Produzido com uma mistura de leite de vaca e cabra e amadurecido durante vários meses em uma caverna nas majestosas montanhas de Los Picos de Europa, ele conquistou o júri como o melhor entre os quinze exemplares apresentados por talentosos produtores locais. Guillermo Pendás Bada, o fabricante do queijo vencedor, comentou: “Sabíamos que tínhamos uma boa peça, mas também estávamos cientes dos desafios da competição“. Curiosamente, o Llagar de Colloto tem uma tradição de superar seus concorrentes nos lances pelo melhor pedaço de queijo Cabrales. Em 2018, o restaurante desembolsou 14 mil euros (cerca de 93 mil reais) pelo vencedor do concurso, e, no ano seguinte, investiu mais 20,5 mil euros (aproximadamente 136 mil reais) pelo exemplar mais bem avaliado. Agora, novamente, eles abriram mão de uma quantia significativa para garantir o primeiro lugar. Para os habitantes de Las Arenas de Cabrales, o queijo é mais do que um alimento – é uma tradição enraizada e uma fonte de orgulho. O Cabrales é um produto artesanal, preparado com leite de vaca cru ou com uma combinação de dois ou três tipos de leite: vaca, ovelha e cabra. O que diferencia ainda mais o Cabrales é o seu processo de maturação, que ocorre em grutas naturais dos Picos de Europa. As condições úmidas e a presença de fungos semelhantes à penicilina nessa região propiciam o desenvolvimento das características únicas desse tipo, como as estrias e manchas verde-azuladas que o tornam reconhecível em qualquer lugar. No fim do seu processo de maturação, o queijo apresenta as seguintes características: forma cilíndrica, 7 a 15 cm de altura, diâmetro e peso variáveis. Casca macia, fina e cremosa de cor cinza com áreas amarelo-avermelhadas. Pasta de consistência untuosa, com graus variados de coesão, compacta. O teor de matéria gorda não é inferior a 45% da matéria seca. O teor mínimo de umidade de 30%. Com o tempo, o queijo Cabrales conquistou não apenas a Espanha, mas também toda a Europa e além. Em 2022, cerca de 66 mil kg desse tipo foram vendidos apenas dentro da União Europeia. A saga do Llagar de Colloto na conquista do melhor lance no leilão de queijos Cabrales é mais do que uma simples competição; é uma celebração da paixão e do apreço pela gastronomia. E, para aqueles que ousam questionar se um pedaço de queijo vale tanto investimento, a resposta pode estar na próxima mordida. Tatiane Bertolino Foto: Reprodução/Agronews Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário