Últimas Notícias
Destaques

Aplicação de doramectina previne infecções nos bezerros e reduz mortalidade precoce

Para começar, é importante o isolamento da área de nascimento, além de manter o local extremamente limpo. Esses cuidados reduzem de forma considerável a mortalidade dos recém-nascidos, muitas vezes afetados pela diarreia, causada pelo contato com micro-organismos", explica o médico-veterinário Thales Vechiato, gerente de produtos para Animais de Produção da Pearson Saúde Animal. O período seco – normalmente de julho a setembro – concentra o nascimento dos bezerros. É um momento de grande preocupação, pois como mostra o livro "Obstetrícia veterinária", do autor Nereu Carlos Prestes, doutor em Genética Animal, mais da metade das mortes nessa fase ocorre nos dois primeiros dias de vida. "Existem inúmeros pontos de atenção no manejo do bezerro recém-nascido, no que diz respeito ao problema da diarreia infecciosa, a prevenção se dá com a boa higiene do local associado a ingestão adequada de colostro ao nascimento. Mas atenção: também é possível que o animal adquira a doença devido a erro no manejo alimentar, alta densidade populacional ou avidez do bezerro no momento de mamar", informa Vechiato.Play VideoAdvertisement: 0:01 O especialista da Pearson destaca que "os desafios são grandes desde o nascimento, quando podem acontecer os chamados partos distócicos: apesar de o útero se contrair normalmente, o bezerro não consegue passar pela bacia devido a um bloqueio físico – questão corporal da fêmea ou mal posicionamento do feto. A lista de fatores com impacto negativo inclui desmame, questões genéticas e doenças infecciosas. O uso do princípio ativo doramectina é uma alternativa eficiente para redução da mortalidade relacionada aos parasitas, principalmente os ectoparasitas causadores de miíase (bicheiras), na qual afetam a região do umbigo deixando porta aberta para entrada de bactérias que ocasionam diversas enfermidades. Somado à higienização adequada do ambiente em que é realizado o parto e a criação do bezerro, obtêm-se resultados positivos em termos de prevenção e controle dos problemas sanitários", reforça Thales Vechiato. Quanto à queima do umbigo, o médico-veterinário detalha que deve ser assepsiada até a secura. Ele diz que o endectocida Doramec, funciona como um tipo de barragem de bicheiras, frequentes nessa região do corpo quando não há tratamento adequado. Doramec é um coadjuvante no manejo de bezerros recém-nascidos, não necessita de recomendação veterinária e pode ser incluído em um programa de vermifugação durante as fases de vida seguintes, inclusive no desmame e vacinação contra diversas doenças. Fonte: Texto Comunicação Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário