Últimas Notícias
Destaques

Oportunidade única: produtores de mel farão visitas técnicas em missão especial no Chile

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza, de 31 de agosto a 8 de setembro, uma missão comercial com empresários rurais do setor de mel e derivados para a cidade de Santiago, no Chile. Os integrantes da missão realizarão visitas técnicas, encontros com potenciais compradores locais, e participarão de seminários e do Congresso Apimondia, principal evento internacional do setor. A missão reúne 38 integrantes, entre produtores rurais e instituições parceiras, e faz parte do Agro.BR, uma parceria da CNA com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) que tem o objetivo de ampliar e diversificar a pauta exportadora. O coordenador de Promoção Comercial da Diretoria de Relações Internacionais da CNA, Rodrigo da Matta, explica que o setor de mel e derivados é um dos prioritários para o projeto Agro.BR com cerca de 300 empreendedores rurais inscritos. A missão começa no dia 1º de setembro com a realização de um seminário onde serão apresentadas as informações sobre questões regulatórias para produtos apícolas no Chile, certificações, importação e distribuição de produtos no mercado chileno. “Nesse seminário, contaremos com a Embaixada do Brasil no Chile e representantes governamentais chilenos para esclarecer aos empresários como se dá o acesso ao mercado do mel brasileiro no país. Encerraremos esse encontro com uma rodada de negócios com compradores”, destaca o coordenador de promoção comercial da CNA. No dia 2 de setembro o grupo fará visitas técnicas. De acordo com Matta, o intuito é colocar os empresários rurais em contato com distribuidores e compradores, sempre com foco nas áreas comerciais de interesse. Como parte da missão, os integrantes participam de 4 a 8 de setembro do 48º Congresso Internacional de Apicultura – Apimondia Santiago. Além da visita guiada ao evento, os empresários farão contato com os compradores, por meio de encontros de negócios, e exposições no estande da ApexBrasil no evento. “Serão cinco dias de atividades comerciais, mas a feira também tem um viés técnico que vamos aproveitar. E vamos conduzir os encontros de negócios de acordo com o perfil dos produtores e dos compradores, ou seja, se um pequeno produtor do grupo tem um mel específico ou de diferentes floradas, vamos encontrar compradores que tenham interesse nesse tipo de produto. Dessa forma, temos boas prospecções de negócios”, explica Matta. Tatiane Bertolino Foto: CNA Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário