Últimas Notícias
Destaques

Cana-de-açúcar - Cenário tecnológico da cultura será tema do Conexão Cana

Edição 2023 do evento da consultoria Agro Ciência ocorre nesta semana em Piracicaba-SP, com apoio da companhia Sipcam Nichino Brasil. Especialistas na cultura da cana-de-açúcar e na produção de açúcar, etanol e energia estarão reunidos na paulista Piracicaba, nos dias 24 e 25 agosto, durante o evento Conexão Cana 2023. O encontro anual da consultoria Agro Ciência tem entre os apoiadores a Sipcam Nichino Brasil, companhia líder no desenvolvimento e na entrega de soluções de fomento à qualidade da matéria-prima da cana-de-açúcar. De acordo com a gerente de marketing da Sipcam Nichino, engenheira agrônoma Carulina Oliveira, o setor sucroenergético é considerado estratégico, prioritário aos negócios da companhia no país. “Nossa equipe técnica tem dado contribuições relevantes, nas áreas de planejamento agronômico de safra, custos de produção, qualidade de manejo, bioestimulação e controle de pragas e invasoras dos canaviais”, afirma Carulina. Segundo ela, a presença da companhia no Conexão Cana levará ao público participante, altamente qualificado, informações acerca dos investimentos recentes da Sipcam Nichino com vistas ao tratamento dos canaviais, que resultaram no lançamento do herbicida Sirtaki® 360 CS, do inseticida Takumi®, eficaz no controle da broca-da-cana, e da Plataforma de Bioestimulantes, composta pelas soluções Abyss®, Blackjak®, Nutex® Premium e Stilo® Verde. “A Sipcam Nichino também entrega ao setor canavieiro uma linha de herbicidas com alta tecnologia e amplo espectro de controle das chamadas ‘ervas difíceis, tais como os produtos Ancosar®, Metrimex® e Leale®”, informa Carulina. Ela destaca ainda os atributos do regulador de crescimento Sprint®, “que possibilita ao produtor obter ganhos na qualidade da matéria-prima e de ATR.” Criada em 1979, a Sipcam Nichino resulta da união entre a italiana Sipcam, fundada em 1946, especialista em agroquímicos pós-patentes e a japonesa Nihon Nohyaku (Nichino). A Nichino tornou-se a primeira companhia de agroquímicos do Japão, em 1928, e desde sua chegada ao mercado atua centrada na inovação e no desenvolvimento de novas moléculas para proteção de cultivos. Fernanda Campos Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário