Últimas Notícias
Destaques

Brigada Militar e Polícia Civil detalham projetos de inovação tecnológica para segurança pública

Foco é mais agilidade na prevenção contra crimes rurais e melhorias para acesso às áreas mais remotas no campo Ocorreu nesta segunda-feira, 28 de agosto, a apresentação das novas tecnologias de informação da Brigada Militar e Polícia Civil para prevenir crimes no campo. O Painel Segurança Pública e Inovação foi realizado no espaço RS Innovation Agro na Casa da Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), dentro da 46ª Expointer. O evento, promovido em conjunto com o Instituto Desenvolve Pecuária, teve como mediadora a coordenadora da Comissão de Crimes Rurais da entidade e diretora administrativa da Febrac. Pela Brigada Militar, quem fez a explanação foi o subdiretor do Departamento de Informática da corporação. O major Moacir Almeida Simões Júnior ressaltou que a Brigada Militar vai trabalhar em conjunto com as universidades PUC e Ufrgs e startups. Segundo Simões, a ideia básica é que essa estrutura dinâmica encontre soluções rápidas e efetivas contra crimes, principalmente, nas áreas rurais mais remotas. Estão sendo desenvolvidos aplicativos onde os animais são monitorados por chips numa prevenção contra crimes de abigeato. Também estão sendo adaptados ônibus especiais com câmeras potentes para mapear áreas remotas com dificuldade de acesso por internet. O major Moacir Simões destacou o projeto Novo Mundo que já está em funcionamento e que visa justamente facilitar o acesso a propriedades rurais em áreas de difícil localização. “Esse projeto já opera em Erechim e está sendo expandido para todo o interior. E hoje está sendo anunciado na Expointer o mecanismo que monitora animais, o Abigeapp, que previne contra o abigeato”, concluiu. Já na área da Polícia Civil, falou o diretor do Departamento de Tecnologia da Informação da corporação. O delegado Antônio Vicente Vargas Nunes elencou basicamente três pilares que sustentam a tecnologia e inovação da Polícia Civil no combate ao crime: reuniões mensais de todos os órgãos da segurança pública diretamente com o governador do Estado para compartilhar dados atualizados e comparativos, as delegacias de polícia especializadas em Alegrete, Bagé, Camaquã e Cruz Alta na repressão a crimes rurais e abigeato e a delegacia on-line, onde o cidadão faz pela internet o registro da ocorrência policial e recebe por e-mail a confirmação. O delegado Vicente Vargas destacou,ainda, o aumento significativo de registros na delegacia on-line. “Para se ter uma ideia, foram realizados quase 500 mil registros no ano passado, o que representa 25% do total e apenas com 20 policiais", observou. Foto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective/Divulgação Texto: Artur Chagas/AgroEffective Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário