Últimas Notícias
Destaques

Azedou! Frente das Associações de Bovinos emite nota de repúdio contra vídeo de ator

O setor produtivo não se calou diante de um vídeo que ganhou grande repercussão nas redes sociais desestimulando o consumo de leite. A Frente das Associações de Bovinos do Brasil divulgou uma nota de repúdio ao vídeo gravado pelo ator Márcio Garcia, que segundo a entidade, aponta informações equivocadas sobre a origem do leite. “O material disseminado em larga escala na web falta com a verdade e induz o consumidor a acreditar que o processo de produção leiteira é um problema, quando de fato, se trata de importante meio para a produção para a segurança alimentar no mundo. O Brasil é o terceiro maior produtor mundial do leite, com mais de 34 bilhões de litros por ano e com produção em 98% dos municípios brasileiros , tendo predominância em pequenas e médias propriedades, empregando cerca de 4 milhões de pessoas”, diz a nota de repúdio. O texto segue destacando que o leite e seus derivados são alimentos de origem animal de excelente qualidade nutricional. “Segundo dados da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (SBAN), o leite de vaca possui 87% de água e 13% de outros componentes sólidos importantes, como cálcio, potássio, fósforo e vitaminas A e B. O alimento ajuda na formação da massa óssea, crescimento e fortalecimento do sistema imunológico e dos dentes”. A Federação também aponta o rigor aplicado em toda a cadeia produtiva. “A produção leiteira no Brasil segue uma série de exigências ligadas à sanidade, segurança alimentar e bem-estar animal, medidas desenhadas para melhorar a qualidade e competitividade do setor lácteo. Para as indústrias, a preocupação vai desde, o bem estar animal ao padrão de contagem bacteriana, passando pela contagem de células somáticas (células de defesa) e transporte”. A nota reconhece que o produtor de leite, instituições de pesquisa e empresas sérias entendem que situações de estresse para o animal impactam diariamente no bem-estar e na produtividade. E que “por essas e outras razões, as práticas de manejo na cadeia produtiva são feitas para garantir qualidade de vida aos bovinos e ainda evitar prejuízos”. A produção de leite é um dos pilares do agronegócio brasileiro e fonte de alimentação de fácil acesso para a população mundial. “Materiais como o divulgado não refletem a realidade nas fazendas produtoras de leite no Brasil, principalmente, diante do cenário atual, em que o setor é altamente penalizado com as importações desenfreadas, diminuindo a competitividade e prejudicando a economia nacional”, finaliza a entidade. Fernanda Toigo Foto: Divulgação Colaborou: Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário