Últimas Notícias
Destaques

Polícia Federal desarticula exploração ilegal de ouro em garimpos de MT

Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (14) a Operação Via Áurea, que tem como objetivo cumprir 11 ordens judiciais contra uma organização criminosa, formada por pessoas e grupo de empresas, que atuam na compra de ouro extraído de garimpos ilegais em Mato Grosso. Foi autorizado ainda o bloqueio de R$ 9.6 milhões dos investigados. De acordo com as informações, são 10 mandados de busca e apreensão, além de um de prisão sendo cumpridos em Cuiabá, Várzea Grande, Pontes e Lacerda, além das cidades de São José do Rio Preto e Catanduvas, em São Paulo. A identidade dos alvos não foi revelada, mas sabe-se até o momento que a Justiça Federal ordenou o bloqueio de todos os veículos em nome dos investigados, além de valores que somam uma quantia de R$ 9.613.265,42. Investigação Segundo os policiais, a investigação começou quando a equipe apreendeu uma quantidade de 1.690 gramas de ouro, sem nova fiscal ou documento. Na ação, uma pessoa foi presa em flagrante pelo delito de transportar bem da União. O ouro saiu de Pontes e Lacerda e tinha Cuiabá como destino final. Consta que o minério é extraído dos garimpos de terras indígenas existentes na região de Pontes e Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade e Nova Lacerda. Com base na prisão, foram identificados os demais integrantes do grupo criminoso, que de fato, financiavam a exploração ilegal e ainda causavam danos ao meio ambiente. Agora, com a nova prisão e apreensão de documentos e outros, a PF quer identificar novos envolvimentos e descapitalizar toda a organização criminosa. fonte: nortão noticias


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário