Últimas Notícias
Destaques

Soja sobe em Chicago nesta 5ª, volta a se aproximar dos US$ 17 e mantém foco sobre os fundamentos

Os preços da soja voltam a subir na Bolsa de Chicago nesta manhã de quinta-feira (10). As cotações subiam, por volta de 8h20 (horário de Brasília), entre 16 e 21,50 pontos, levando o maio a US$ 16,88 e o julho a US$ 16,59 por bushel. O mercado recupera boa parte das baixas observadas na sessão anterior. "Como esperado, a soja tem sua vida própria, mais ligada aos fatos e não somente às especulações de quando o conflito vai terminar", explicou o analista de mercado da Agrinvest, Eduardo Vanin. Os traders seguem focados na oferta quebrada da América do Sul, a demanda agora concentrada nos EUA, bem como as altas nos derivados, que ajudam a puxar os preços dos grãos. Tanto o óleo, quanto o farelo sobem mais de 1% na manhã desta quinta-feira, com o óleo liderando dos ganhos. Ainda nesta quinta, o mercado espera pelos novos números que o USDA traz sobre as vendas semanais para exportação. Ontem, em seu boletim mensal de oferta e demanda, o departamento elevou sua estimativa para as exportações norte-americanas, porém, de forma bastante modesta. A projeção passou de 55,79 para 56,88 milhões de toneladas. Em contrapartida, as importações de soja da China foram revisadas de 97 para 94 milhões de toneladas. Além disso, o USDA ainda aumentou as exportações norte-americanas de óleo de soja. "Essa estava na cara. O programa americano já estava 85% feito. O USDA elevou em 100 mil toneladas para 737 mil toneladas. Somando Argentina, Brasil e os EUA, o USDA elevou as exportações em 370 mil toneladas", afirma Vanin. fonte: www.noticiasagricoas.com.br


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário