Publicidade:

Fortes chuvas deixam indígenas novamente desabrigados em MG




 SÃO JOAQUIM DE BICAS, Minas Gerais (Reuters) - Três anos atrás, o colapso da barragem de rejeitos de uma mina em Brumadinho (MG) forçou uma pequena comunidade indígena de Minas Gerais a mudar suas casas para um terreno mais alto. Agora, o rio Paraopeba encheu devido à chuva e inundou a nova aldeia, deixando-os novamente desabrigados.

Cerca de 50 indígenas da comunidade Pataxó Hãhãhãe tiveram de se abrigar em uma escola, depois que suas casas na aldeia de Naô Xohã foram tomadas pelas águas lamacentas do rio, contaminadas com rejeitos.

"Nós perdemos casas, perdemos banheiros, perdemos nosso posto médico, perdemos móveis. Nossa comunidade está toda alagada”, disse nesta quarta-feira o cacique Sucupira Pataxó-Hãhãhãe. “O sentimento é muito triste, coração partido! Ver essa aldeia desse jeito, se fosse por mim eu nem aqui retornava, meu coração está sangrando.”

“Não tem como voltar porque o minério contaminou (o rio), a água é contaminada e está dentro das nossas casas, dentro de nossos quintais. Não tem mais como a gente viver naquele local. Nós temos muitas crianças”, acrescentou.

fonte: www.noticiasagricolas.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br