Publicidade:

Abiarroz convoca exportadores para responder pesquisa da Antaq sobre transporte marítimo



Uma das primeiras entidades a alertar o governo federal sobre a falta de navios e de contêineres provocada pela crise sanitária mundial, a Abiarroz (Associação Brasileira da Indústria do Arroz) está convocando as empresas exportadoras, principalmente as do setor arrozeiro, para que respondam à pesquisa da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) sobre os efeitos da pandemia no transporte marítimo internacional.

A pesquisa da Antaq é resultado de gestões feitas pela Abiarroz e pelo Brazilian Rice, projeto de promoção comercial do arroz desenvolvido pela associação em parceria com a ApexBrasil, e demais entidades demandantes. Em 2021, foram realizadas reuniões com a Antaq e com os ministérios da Agricultura, da Economia e das Relações Exteriores para tratar sobre a crise internacional no transporte marítimo.

Na avaliação da Abiarroz, a participação dos exportadores na pesquisa é importante não só para dimensionar o problema, mas também para que o governo federal e o setor privado possam buscar alternativas para contornar as dificuldades no escoamento das vendas externas.

Levantamentos realizados pela Abiarroz com seus associados, no ano passado, apontaram altas expressivas nos preços dos fretes de navios e nos aluguéis de contêineres. Só em agosto de 2021, pontua a associação, o preço do transporte marítimo teve aumento médio de 217%, chegando até 450%, em relação a maio.

Ainda de acordo com a Abiarroz, 100% das empresas exportadoras de arroz tiveram redução dos embarques e 100% perderam vendas externas ano passado, em consequência do alto custo do frete marítimo e da falta de contêineres.

fonte: www.noticiasagricolas.com.br

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br