Publicidade:

Banana/Cepea: Prata está quase escassa



Desde novembro, a constante redução da oferta de banana prata, nas regiões acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea, resultou em aumento gradual no preço da variedade. Em Delfinópolis (MG), por exemplo, a prata anã de primeira qualidade foi vendida na média de R$ 2,17/kg no mês passado, leve alta de 2% frente a outubro/21, mas 9% superior a novembro/20. Na parcial de dezembro (até 10/12), a cotação média está em R$ 3,44/kg, na mesma região.

Segundos produtores entrevistados, a baixa oferta está relacionada ao clima, que afetou a produtividade nas principais regiões produtoras – vale lembrar das geadas em Delfinópolis, da seca no semiárido e das recentes chuvas excessivas na Bahia, no Espírito Santo e em Minas Gerais. Além disso, o desânimo com os preços anteriores fez com que alguns produtores reduzissem os tratos culturais, o que também está impactando no rendimento.

Agora, a prata está quase escassa e tende a seguir com baixíssima oferta até o começo do próximo ano. Produtores de Bom Jesus da Lapa (BA) relatam que esta pode ser a maior entressafra da história da região. Assim, aqueles poucos que têm a fruta disponível estão conseguindo vender sem muita dificuldade – produtores do Vale do São Francisco (BA/PE) mencionaram, inclusive, que compradores do Sudeste, que não são muito comuns por lá, estão buscando a variedade prata.

fonte : www.noticiasagricolas.com.br

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br