Publicidade:

B3 abre a quinta-feira ligeiramente mais alta para os futuros do milho



A quinta-feira (16) começa com os preços futuros do milho voltando a operar no campo positivo da Bolsa Brasileira (B3) após os últimos recuos.

Por volta das 10h21 (horário de Brasília), o vencimento janeiro/22 era cotado à R$ 91,39 com alta de 0,32%, o março/22 valia R$ 93,74 com ganho de 0,35%, o maio/22 era negociado por R$ 89,80 com valorização de 0,89% e o julho/22 tinha valor de R$ 85,40 com elevação de 0,59%.

Para o analisa de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, a B3 segue na calmaria e em ritmo de final de ano porque o mercado comprador do setor de ração está todo parado com manutenção de equipamentos, limpeza de silos e férias coletivas.

“Nesse momento se aloja poucos pintinhos e não tem uma demanda forte de ração na virada de ano. Isso é tradicional para voltar a alojar em janeiro. Então o comprador segue nominal na faixa de R$ 90,00 junto a indústria do Rio Grande do Sul e quase nada de negócios”, pontua Brandalizze.  

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) também começou o penúltimo dia da semana levemente positiva para os preços internacionais do milho futuro.

Por volta da 10h11 (horário de Brasília), o março/22 era cotado à US$ 5,87 com valorização de 1,25 pontos, o maio/22 valia US$ 5,88 com alta de 1,50 pontos, o julho/22 era negociado por US$ 5,88 com ganho de 1,50 pontos e o setembro/22 tinha valor de US$ 5,59 com elevação.

Segundo informações do site internacional Barchart, “o comércio noturno no mercado de milho tem preços ligeiramente mais altos” enquanto aguardam os dados de vendas de exportação do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

fonte : www.noticiasagricolas.com.br

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br