Publicidade:

Uva/Cepea: Altas exportações de uva no 1º sem e atraso na abertura da janela no 2º marcam 2021



As exportações brasileiras de uva apresentaram ótimo desempenho no primeiro semestre deste ano. Além do maior volume produzido e da melhor qualidade (beneficiada por poucas chuvas no primeiro semestre), os embarques do período foram favorecidos por problemas climáticos no Chile, que resultaram em intensificação dos envios brasileiros aos Estados Unidos.

No caso da União Europeia, em alguns períodos, as exportações até foram prejudicadas pela forte concorrência com outros fornecedores (como África do Sul e a Índia), mas, no geral, foram positivas no primeiro semestre.

Já no segundo semestre, os embarques foram mais fracos em setembro, mas, ainda assim, o volume do acumulado do ano é superior ao verificado em 2020. A abertura da segunda janela de exportação, que costuma ocorrer naquele mês, foi postergada para meados de outubro, fator que comprometeu o desempenho dos envios brasileiros. No geral, este atraso na abertura deve-se ao plantio de variedades mais tardias na Europa, que tem estendido a safra local, encurtando a janela brasileira do segundo semestre.


 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br