Publicidade:

Soja: Movimento de alta no complexo tem continuidade nesta 5ª feira em Chicago de olho na demanda



O movimento de alta nos preços da soja continua nesta quinta-feira (18) na Bolsa de Chicago. As cotações subiam de 7,25 a 8,25 pontos nos contratos mais negociados, com o janeiro valendo US$ 12,85 e o maio, US$ 13,03 por bushel. O julho também operava acima dos US$ 13,00 e valia US$ 13,09.

Parte do suporte para os futuros do grão vem da sequência do avanço também no óleo e no farelo de soja, que hoje sobe quase 1% na CBOT. Todo o complexo segue em alta, uma vez que continua bastante demandado. 

"A demanda internacional por óleo e problemas logísiticos americanos puxam os derivados", explica a Agrinvest Commodities. 

Assim, os números das vendas semanais norte-americanos que serão reportados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quinta-feira são bastante esperados pelo mercado. 

Durante toda esta semana, o órgão vem trazendo anúncios diários de novas vendas e as informações têm trazido sinalizações importantes sobre uma demanda mais forte por produtos americanos agora. Ontem, o USDA informou até mesmo uma venda de óleo de soja para  a Índia. 

Entre as demais commodities, atenção ao petróleo, que volta a recuar nesta quinta-feira, testando, inclusive, patamares abaixo dos US$ 80,00 por barril no brent. 

A confirmação da notícia de que a China vai liberar suas reservas para pesar sobre as cotações e tentar controlar, em partes, a inflação faz efeitos e depois de perder 3% ontem, dá sequência a seu movimento de queda. Nos EUA o mesmo pode acontecer e o mercado especula o fato do governo Joe Biden ter chamado mais economias para seguir o mesmo caminho. 

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br