Publicidade:

Petróleo recua quase 1% com excesso de oferta e aumento de casos de Covid-19



Os preços do petróleo recuavam quase 1% nesta manhã de quarta-feira (17) nas bolsas internacionais. O mercado perde forças depois de avisos da Agência Internacional de Energia (AIE) e Opep sobre o excesso de oferta no mercado e o aumento de casos da Covid-19 na Europa.

Às 09h05 (horário de Brasília), o petróleo WTI caía 0,89%, ou US$ 0,72 o barril, a US$ 80,04 o barril. Enquanto que o Brent era cotado a US$ 81,75 o barril com desvalorização de 0,82%.

A AIE reportou na véspera que, embora o "mercado de petróleo permaneça apertado por todas as medidas... um adiamento da recuperação dos preços pode estar no horizonte... devido ao aumento da oferta de petróleo", segundo informações da agência internacional de notícias Reuters.

Além disso, um aumento de casos da Covid-19 na Europa levou países a imporem novas restrições de isolamento.

"O impacto até agora tem sido insignificante”, disse Stephen Brennock, da corretora de petróleo PVM. “Dito isto, existe o risco de a situação aumentar e os níveis de mobilidade serem severamente prejudicados nos próximos meses", disse à Reuters.

O mercado espera para esta quarta os dados oficiais da Administração de Informações sobre Energia (EIA, em inglês).

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br