Publicidade:

Petróleo: EUA planejam acionar uso de reservas emergenciais e mercado cai 1% nesta 3ª



Os preços do petróleo caíam cerca de 1% nesta terça-feira (23) no mercado internacional em meio expectativas de que os Estados Unidos anunciem a liberação de reservas emergenciais para elevar a oferta do óleo.

Enquanto isso, crescem os casos de Covid-19 na Europa, o que também pesa sobre as perspectivas de recuperação da demanda global.

Por volta das 08h08 (horário de Brasília), o petróleo WTI caía 1,16%, ou US$ 0,89 o barril, a US$ 75,86 o barril. Enquanto isso, o óleo do tipo Brent era cotado a US$ 78,37 o barril com desvalorização de 0,84%.

O presidente dos Estados Unidos, Biden, está se preparando para anunciar uma liberação de petróleo de sua reserva estratégica de petróleo em conjunto com vários outros países", disse a ANZ em nota.

A liberação de reservas emergenciais de petróleo pelos Estados Unidos, segundo a agência de notícias Reuters, é parte de um plano que o governo do presidente Joe Biden discutiu com a China, Índia e Japão para reduzir os preços de energia.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e aliados (Opep+) rejeitou até então todos os pedidos dos Estados Unidos para elevar a oferta global de petróleo.

Apesar da queda nesta terça-feira, segundo analistas ouvidos pela Reuters, a liberação das reservas deve ter apenas um impacto temporário sobre os preços.

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br