Publicidade:

Ovos: mercado ainda não respondeu conforme o setor esperava




 A reposição de mercadoria no primeiro dia útil da segunda semana de novembro não mostrou a movimentação esperada pelos produtores de ovos, muito pelo contrário. E isso significou preços nas mesmas bases de referência dos últimos dias.

Por ora, o preço médio diário recebido pelos produtores mostra queda de quase 7% em relação ao recebido no mesmo período de outubro último, embora sinalize aumento de 18,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O acumulado do ano atinge preço médio diário de R$110,23 e representa aumento de 30,2% sobre o mesmo período de 2020.

Mesmo esse índice positivo expressivo alcançado na comercialização de ovos tem pouco significado diante do aumento extraordinário alcançado pelo milho, principal matéria-prima utilizada na ração administrada às aves, que aponta aumento de 64,7%, causando pesado ônus aos avicultores no decorrer desse ano.

Finalizando, a expectativa do mercado estava baseada na melhora significativa dos negócios no decorrer dessa semana com o pleno restabelecimento da capacidade aquisitiva da população. Resta esperar que embora tardia, essa melhora ainda aconteça.

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br