Publicidade:

Milho: B3 segue levemente recuada na abertura desta 4ªfeira



A quarta-feira (10) começa com os preços futuros do milho levemente recuados mais uma vez na Bolsa Brasileira (B3), com as principais cotações flutuando entre R$ 81,00 e R$ 86,00 por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento novembro/21 era cotado à R$ 84,73 com desvalorização de 0,67%, o janeiro/22 valia R$ 85,51 com perda de 0,58%, o março/22 era negociado por R$ 86,00 com baixa de 0,58% e o maio/22 tinha valor de R$ 82,30 com queda de 0,31%.

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, o mercado nacional já atingiu o topo neste ano, que foi muito forte para o setor. 

“Agora temos uma safra muito boa de verão com mais de 30 milhões de toneladas nos campos se desenvolvendo que vai atender a demanda do setor de ração e temos a exportação como alternativa, que hoje trabalha em R$ 88,00 nos portos”, aponta.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) abriu a quarta-feira estendendo os pequenos ganhos dos preços internacionais do milho futuro obtidos no pregão de ontem após as divulgações de números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Por volta das 09h05 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/21 era cotado à US$ 5,57 com elevação de 3,00 pontos, o março/22 valia US$ 5,67 com valorização de 3,25 pontos, o maio/22 era negociado por US$ 5,72 com ganho de 3,00 pontos e o julho/22 tinha valor de US$ 5,73 com alta de 2,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho não receberam muitos dados de oferta e demanda do USDA, mas a força da soja e do trigo foi suficiente para desencadear algumas compras técnicas e elevar os preços.

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br