Publicidade:

Milho abre a 5ªfeira em campo misto e próximo da estabilidade na B3




 A quinta-feira (18) começa com os preços futuros do milho novamente operando próximos da estabilidade e flutuando em campo misto na Bolsa Brasileira (B3) 

Por volta das 09h21 (horário de Brasília), o vencimento janeiro/22 era cotado à R$ 84,59 com alta de 0,19%, o março/22 valia R$ 85,48 com queda de 0,01%, o maio/22 era negociado por R$ 82,60 com elevação de 0,11% e o julho/22 tinha valor de R$ 81,00 com perda de 0,12%.

De acordo com o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, o mercado brasileiro segue se movimentando pouco restando apenas mais quatro semanas de atividades para as grandes industriais de rações antes que elas encerrem suas atividades para manutenção e limpeza de silos no final do ano.

Mercado Externo

Já a Bolsa de Chicago (CBOT) abriu os trabalhos deste penúltimo dia da semana estendendo os pequenos ganhos registrados ontem para os preços internacionais do milho futuro.

Por volta das 09h09 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/21 era cotado à US$ 5,77 com valorização de 2,00 pontos, o março/22 valia US$ 5,83 com ganho de 1,50 pontos, o maio/22 era negociado por US$ 5,87 com elevação de 1,75 pontos e o julho/22 tinha valor de US$ 5,88 com alta de 1,25 pontos.

Segundo informações da Agência Reuters, as preocupações com a inflação fortaleceram o mercado de grãos, uma vez que os compradores comerciais embarcaram na compra de suprimentos para se protegerem de novas altas de preços.

“É mais uma coisa arraigada que os preços serão mais altos no futuro do que são hoje”, disse Greg Grow, diretor de agronegócio da Archer Financial Services.

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br