Publicidade:

Japão confirma cepa H5N8 em terceiro surto de gripe aviária no país



O Japão confirmou que o subtipo H5N8 da gripe aviária, altamente patogênico, foi detectado em uma granja avícola no terceiro surto de gripe aviária no país neste inverno, disse o Ministério da Agricultura na terça-feira.

O surto foi descoberto na segunda-feira em uma fazenda com cerca de 11 mil galinhas poedeiras na cidade de Izumi, na prefeitura de Kagoshima, no sudoeste do Japão, disse o ministério em um comunicado em seu site.

Ele surge no momento em que vários surtos de gripe aviária severa na Europa e na Ásia foram relatados à Organização Mundial de Saúde Animal nos últimos dias, em um sinal de que o vírus está se espalhando rapidamente novamente.

“O subtipo NA do vírus da influenza aviária altamente patogênico foi identificado e foi confirmado ser o subtipo H5N8”, disse o ministério.

O aumento no número de pessoas infectadas com a gripe aviária em todo o mundo este ano está se tornando uma fonte de preocupação para especialistas em epidemiologia, especialmente à medida que o mundo se recupera lentamente da pandemia COVID-19.

A China relatou 21 infecções humanas com o subtipo H5N6 da gripe aviária em 2021 para a Organização Mundial de Saúde, em comparação com apenas cinco no ano passado, disse, com seis mortos e muitos dos outros gravemente doentes.

Em fevereiro, a Rússia registrou o primeiro caso da cepa H5N8 transmitida a humanos por pássaros e relatou o caso à OMS. Não havia nenhum sinal no momento da transmissão entre humanos.

O Japão suspendeu temporariamente as exportações de carne de frango e ovos de todas as regiões no início deste mês após relatar o primeiro surto, embora o ministério tenha dito que o consumo desses itens, se infectado, não representa risco para os humanos.

No inverno passado, o Japão teve sua pior temporada de gripe de inverno em fazendas, com quase 10 milhões de frangos abatidos e mais de um terço das prefeituras do país afetadas.

O Japão tem um rebanho de postura de ovos de cerca de 181 milhões de galinhas e uma população de frangos de 140 milhões, de acordo com o Ministério da Agricultura.

Tratamentos antivirais podem ser eficazes contra a gripe aviária, mas não há vacina para humanos, de acordo com o site do Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha.

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br