Publicidade:

Dólar futuro sobe com atenção a fiscal; juros avançam na B3




 O dólar já deixou as mínimas atingidas logo após a abertura e se mantinha confortavelmente acima de 5,60 reais nesta segunda-feira, com as operações no mercado futuro acusando alta num início de semana de ampla expectativa em torno de decisões de bancos centrais no mundo e de contínua atenção ao quadro fiscal brasileiro.

Às 9h09, o dólar à vista tinha variação positiva de 0,08%, a 5,6462 reais, após cair 0,36%, a 5,6214 reai, na mínima.

No mercado futuro da B3, a taxa do primeiro vencimento subia 0,25%, a 5,6740 reais, após descer a 5,6520 reais.

Na renda fixa, as taxas de DI abriram em firmes altas, com o vencimento janeiro 2023 em rali de 17 pontos-base, a 12,3% ao ano.

O mercado financeiro promoveu mais uma rodada de expressiva piora nas estimativas para variáveis financeiras e econômicas brasileiras, vendo agora Selic de dois dígitos em 2022, quando a inflação ficará ainda mais distante da meta.

De acordo com a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira, o juro básico irá a 10,25% ao fim de 2022, ante previsão anterior de 9,50%. Ao fim de 2021, a Selic estará em 9,25%, ante 8,75% do cenário mostrado na semana passada.

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br