Publicidade:

Café: Nova York e Londres começam semana com valorização



O mercado futuro do café arábica abriu a semana com valorização técnica para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

As condições das lavouras brasileiras e os problemas logísticos enfrentados por todo setor produtivo seguem no radar. No Brasil, analistas são firmes e mantêm a projeção de preços firmes para o café no longo prazo. 

Por volta das 09h14 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha alta de 85 pontos, valendo 204,80 cents/lbp, março/22 tinha alta de 45 pontos, negociado por 207,15 cents/lbp, maio/22 tinha alta de 45 pontos, valendo 207,65 cents/lbp e julho/22 registrava alta de 60 pontos, valendo 208,20 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também abriu com valorização. Janeiro/22 tinha alta de US$ 25 por tonelada, valendo US$ 2239, março/22 tinha alta de US$ 9 por tonelada, valendo US$ 2169, maio/22 tinha valorização de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 2134 e julho/22 registrava alta de US$ 5 por tonelada, valendo US$ 2121.

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br