Publicidade:

Café: Mercado volta a cair, ainda reagindo aos números da Secex, aponta analista



Após iniciar o dia com estabilidade, o mercado futuro do café arábica voltou a registrar desvalorização para os principais contratos no pregão desta sexta-feira (5) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). No início da tarde, os contratos registravam queda de 2,03% no mercado futuro. 

Por volta das 12h24 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha queda de 415 pontos, valendo 204,45 cents/lbp, março/22 tinha queda de 455 pontos, valendo 206,70 cents/lbp maio/22 tinha baixa de 430 pontos, valendo 207,15 cents/lbp e julho/22 tinha baixa de 425 pontos, valendo 207,85 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também passou a operar com desvalorização. Janeiro/22 tinha queda de US$ 25 por tonelada, valendo US$ 2179, março/22 tinha desvalorização de US$ 25 por tonelada, valendo US$ 2129, maio/22 tinha baixa de US$ 21 por tonelada, valendo US$ 2106 e julho/22 registrava baixa de US$ 19 por tonelada, valendo US$ 2098.

De acordo com Haroldo Bonfá, analista de mercado da Pharos Consultoria, o mercado segue reagindo aos números da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), divulgados nesta semana. Os dados mostram um avanço de 11% nos embarques. Ainda de acordo com o especialista, apesar da queda, o mercado agora aguarda também o relatório do Cecafé, com os embarques de outubro, a ser divulgado nos próximos dias.

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br