Publicidade:

Açúcar salta mais de 1% nas bolsas de NY e Londres com foco em 22/23



Os contratos futuros do açúcar subiam mais de 1% nesta tarde de quarta-feira (17) nas bolsas de Nova York e Londres. O dia é marcado por preocupações relacionadas com a safra 2022/23 do Centro-Sul do Brasil que até então tinha melhores expectativas.

Por volta das 12h (horário de Brasília), o açúcar bruto tinha alta de 1,65%, negociado a US$ 20,32 c/lb na Bolsa de Nova York. Enquanto que em Londres, o tipo branco registrava valorização de 1,52%, a US$ 521,50 a tonelada.

O mercado estende o avanço da véspera com foco na nova safra do Brasil, já que a 2021/22 está praticamente finalizada no Centro-Sul. Antes com melhores expectativas, a nova temporada já começa a preocupar os operadores.

"O Rabobank disse que o Brasil deverá enfrentar uma escassez de cana no próximo ano, o que limitará sua capacidade de aumentar as exportações", destacou o site internacional Barchart. Além disso, a safra tem impactos no desenvolvimento.

A consultoria Itaú BBA aponta que a safra 2022/23 do Centro-Sul tem melhores expectativas de produtividade diante de um clima mais favorável ao desenvolvimento das plantações, mas que ainda deve carregar os impactos de 2021.

"Neste momento as estimativas de bons volumes de precipitação para os próximos meses indicam recuperação do canavial para a safra vindoura, porém ainda carregando parte dos impactos climáticos de 2021", destacou.

No financeiro, o dia é marcado por desvalorização nos preços do petróleo em meio aos temores com o excesso de oferta e aumento de casos de Covid-19 na Europa, inclusive com novos isolamentos sendo impostos em alguns países do continente.


 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br