Publicidade:

“A situação é gravíssima. Não tem água para tratar”, alerta Diretor do Samae



O diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Tangará da Serra, Heliton Oliveira, o Leto, afirmou em um áudio divulgado nas redes sociais que a situação do abastecimento de água na cidade é “gravíssima”.

Leto faz ainda um alerta. “A situação é gravíssima. Não pode contar com água duas vezes por semana, de repente ou um abastecimento. Tem que fazer economia. Agora é hora de racionar ou de fazer o mínimo possível que puder com água”, disse o diretor.

Tangará da Serra enfrenta uma nova crise hídrica e a estiagem mais severa do que em anos anteriores dificultou ainda mais o abastecimento na cidade. “A situação está gravíssima. Como você acha que a gente vai abastecer a cidade com 120 mil habitantes com esse tanto de água? Não tem água para tratar”, afirmou Let

O diretor do Samae orientou a população que providencie reservatórios para armazenar a água que chegar pela tubulação. “Minha orientação é que providencie um reservatório para armazenar a água que chegar pela tubulação hoje. Se for depois do almoço, muito bem, guarda depois o almoço”, pontuou.

“Estamos providenciando um suporte onde a água não conseguir chegar pela tubulação através de caminhão pipa e fazendo um novo cronograma para abastecer a cidade, no mínimo, para a pessoa passar pelo menos a semana”, concluiu.
 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br