Publicidade:

Suinocultura independente: outubro se encaminha para o fim com preços em queda livre




 Nesta quinta-feira (28), as principais bolsas de suínos do país registraram quedas nos preços, justamente em uma época do ano em que tradicionalmente a demanda por parte das agroindústrias seria maior, em preparação às festividades de final de ano. 

Em São Paulo, após duas semanas consecutivas com preço estável em R$ 7,20/kg, nesta semana o preço caiu para R$ 6,40/kg, conforme informações da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS).

O preço no mercado mineiro caiu de R$ 7,00/kg vivo para R$ 6,50/kg, de acordo com informações da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg), sem acordo entre frigoríficos e produtores. 

Segundo o consultor de mercado da entidade, Alvimar Jalles, "todos nós já sabemos que expectativas piores aumentam a oferta em geral". "O mercado de carnes no Brasil vive um momento de incertezas vindo da mudança brusca do cenário do boi que, associado à época do mês, prejudica as expectativas. As vendas em Minas continuam boas e os estoques de animais baixos. 
O mercado a nível Brasil, porém, mais uma vez está levando ao ajuste de preços", disse

Houve queda nesta quinta-feira também em Santa Catarina, com valor saindo de R$ R$ 6,81/kg vivo para R$ 6,51/kg vivo, segundo dados da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS). 

Losivanio de Lorenzi, presidented a entidade, pontua que a situação é preocupante, uma vez que os custos de produção seguem altos e os preços pagos pelo animal estão "despencando". 

"Há muita oferta de leitões, e isso mostra excedente de animais no mercado, e preocupando de fevereiro em diante, quando estes animais deveriam estar terminados. Se as cooperativas estão ofertando isso agora, é porque não estão vendo mercado promissor lá na frente.

No estado do Paraná, Considerando a média semanal (entre os dias 21/10/2021 a 27/10/2021), o indicador do preço do quilo vivo do Laboratório de Pesquisas Econômicas em Suinocultura (Lapesui) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) teve queda de 5,27%, fechando a semana em R$ 6,37.

"Espera-se que na próxima semana o preço do suíno vivo apresente queda, podendo ser cotado a R$ 6,25", informou o reporte do Lapesui.

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br