Publicidade:

Sema colabora com pesquisa sobre condições dos jacarés no Pantanal




 Pesquisadores do Projeto Caiman, com apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), vão avaliar as condições de saúde e a presença de doenças entre os jacarés do Pantanal mato-grossense. A equipe está na região desde esta terça-feira (05.10) e fará a coleta de material durante 20 dias. Conforme a coordenadora de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Neusa Arenhart, a análise identificará patógenos por meio de amostras sanguíneas e necropsias. 

"A Sema auxilia na escolha dos pontos e na logística das coletas do material biológico, para que eles tenham a amostragem mais representativa e geograficamente mais abrangente dentro do Pantanal em Poconé. Também vamos acompanhar algumas coletas que serão sempre noturnas, que é o horário ideal para o manejo do jacaré, com mínimo de estresse possível", conta a coordenadora.

A análise será feita em vários pontos da Estrada Parque Transpantaneira, localizada em Poconé (103 km de Cuiabá).  A licença para a pesquisa foi dada  pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e abrange o município de Poconé.

O Projeto Caiman é uma iniciativa do Instituto Marcos Daniel, do Espírito Santo, e visa a pesquisa e conservação das populações da espécie Jacaré-de-Papo-Amarelo (Caiman latirostris), símbolo da Mata Atlântica.

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br