Publicidade:

Café: Oferta global restrita segue dando suporte e arábica sobe mais de 100 pontos



O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta sexta-feira (8) com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O setor cafeeiro segue de olho no retorno das chuvas no Brasil.

A oferta mais restrita de café segue dando suporte aos preços. A OIC reduziu sua estimativa de superávit global de café para 2021/21 de 2,63 milhões de sacas para 2,39 milhões de sacas, ao aumentar sua estimativa de consumo global de café para 167,26 milhões de sacas, ante uma estimativa anterior de 167,01 milhões de sacas.

Por volta das 08h57 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha alta de 165 pontos, valendo 199,55 cents/lbp, março/22 tinha valorização de 180 pontos, cotado a 202,60 cents/lbp, maio/22 tinha alta de 185 pontos, valendo 203,75 cents/lbp e julho/22 tinha valorização de 175 pontos, valendo 204,15 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon opera com quedas técnicas. Novembro/21 tinha queda de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 2117, janeiro/22 tinha queda de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 2115, março/22 era negociado por US$ 2076 - sem variações e maio/22 tinha alta de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 2056. 

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br