Publicidade:

Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão 08/10/2021




 Destaque da semana – Esta semana, comemoramos o dia mundial do algodão em 07 de Outubro, data oficial estabelecida pela ONU.  Segundo o órgão, o algodão representa muito mais do que apenas uma commodity, pois sustenta 29 milhões de produtores e beneficia mais de 100 milhões de famílias em 75 países por 5 continentes.

- Algodão em NY – Mais uma semana de rally em NY, com o contrato Dez/21 fechando em 111.61 U$c/lp, alta de 5,5% nos últimos 7 dias.  Já o contrato Dez/22 fechou em 88,86 U$c/lp (+3,4%).

- Altistas 1 – Há um volume muito grande de vendas on-call (não fixadas pelas fiações).  Existem mais de 3 milhões de toneladas nesta situação. Isso gera uma pressão altista pois para fixar o preço, é preciso comprar um contrato.

  Altistas 2 – Depois de um longo feriado, os mercados reabriram na China hoje (8/10) com limite de alta no algodão na bolsa ZCE, desde o primeiro minuto da abertura até o fechamento.

- Altistas 3 – Na China, os produtores têm aumentado a cada dia os pedidos por algodão em caroço. Acreditando em uma oferta menor e demanda maior, algodoeiras (compradoras) têm aceitado pagar patamares próximos ao equivalente a 160 U$c/lp.       

-  Altistas 4 - O caos logístico global, com falta de contêineres, congestionamento de portos, restrições por conta da Covid e falta de mão de obra tem piorado a disponibilidade de algodão e contribuído com o rally de preços.

-  Altistas 5 - Sem dúvidas a grande presença de fundos especulando com a alta dos mercados têm impulsionado as altas recentes.

-  Baixistas 1 - A atual crise energética vivenciada pela Europa, Índia, Brasil e, principalmente, China é um risco real à produção industrial.

-  Baixistas 2 – Os atuais patamares de preços têm reduzido o apetite de algumas indústrias, devido à diminuição das margens das fiações.

-  Baixistas 3 – O governo Chinês vai realizar mais leilões da reserva e pode adotar medidas para reduzir a especulação com objetivo de reduzir preços.

- Dia Mundial do Algodão 1 - A Abrapa promoveu o Brazil Regional Forum no congresso da International Cotton Association (ICA), ontem (7) pela manhã. Na pauta, destaque para a sustentabilidade da produção brasileira e projeções para a safra de 2022.

 Dia Mundial do Algodão 2 - O painel, liderado pelo presidente Júlio Busato, reuniu produtores de Mato Grosso e Bahia, que juntos representam mais de 90% da produção brasileira.

- Dia Mundial do Algodão 3 - O vice-presidente Alexandre Schenkel representou a Abrapa em dois eventos internacionais em alusão à data comemorativa. Os dois webinars foram realizados em Bangladesh e na Índia.

- Dia Mundial do Algodão 4 - Também ontem, o diretor executivo, Márcio Portocarrero, palestrou em evento realizado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). O tema foi a atuação institucional da Abrapa.

- SouABR 1 - Abrapa, a marca Reserva e as lojas Renner lançaram ontem o inédito Programa SouABR, primeira iniciativa de rastreabilidade, em larga escala, na cadeia têxtil brasileira. Pelo QR Code na etiqueta, o consumidor poderá acompanhar toda a jornada de produção e confecção da roupa.

- SouABR 2 - A primeira coleção será lançada em 7 de outubro pela Reserva, para o público masculino. A Renner entrará, a partir de 2022, com coleção feminina. 

- Agenda 1 - A presença do Brasil no congresso da ICA, considerado o maior evento mundial do setor, continua hoje, com uma rodada de mercado com tradings que operam no Brasil.

- Agenda 2 - Na próxima terça (12/10) o USDA irá divulgar o relatório mensal de oferta e demanda de Outubro.

-  Colheita - A colheita de 2021 está finalizada no Brasil.

- Beneficiamento - Até ontem (07/10): BA e TO (73%); GO (95%), MA (50%); MG (88%), MS (99%), MT (55%), PI (91%) SP (100%) e PR (100%). Total Brasil: 62% beneficiado.

-  Exportações - O Brasil exportou 140,2 mil tons de algodão em setembro/21, os embarques subiram em comparação a agosto/21, quando o volume embarcado foram de apenas 50,7 mil toneladas. Em comparação a setembro/20, o volume embarcado é 11,7% menor.

- Safra Brasil 21/22 - A Conab divulgou ontem (07/out) o primeiro levantamento da safra 21/22. A expectativa inicial é de crescimento de 10,2% na área plantada (1,51 milhão de ha) e 13,7% na produção de pluma (2,67 milhões de toneladas). A estimativa é um pouco menor que a divulgada pela ABRAPA em setembro de 2021 (Área: +12,6% ; Produção: +20,3%).

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br