Publicidade:

MT: safra 21/22 está 40% vendida



 

Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) as vendas da pluma de Mato Grosso para a safra 2021/22 estão 40,29% concretizadas. O número representa avanço de 5,69 p.p. em relação a julho, pautado pelo aumento do preço da pluma na bolsa de Nova York. Assim como para a safra 20/21, o alto patamar do dólar em conjunto com a forte demanda no período, impulsionou o preço médio do ciclo 21/22 no estado, valorização mensal de 1,76%.


Para a safra 20/21 ampliaram 1,55 p.p. no mês de agosto, alcançando 82,52% da produção. Em relação ao valor da fibra, o preço valorizou 4,20% ante a julho, ficando cotado a uma média de R$ 142,68/@, devido ao avanço do dólar, menor disponibilidade da pluma e a forte demanda do mercado doméstico.

Já as primeiras negociações para a safra 22/23 acontecem de forma adiantada e, no último mês, 3,62% da produção aguardada para a temporada já foi vendida, segundo o Imea.

Na exportação em agosto a maior parte da demanda veio pelo Paquistão (5,58 mil t) e o Vietnã (5,15 mil t), no entanto, o que chamou a atenção nos números é a tímida participação da grande consumidora mundial, a China. Apesar disso, o acumulado escoado neste ano é 29,69% maior que o do mesmo período do ano passado, totalizando 914 mil t de pluma enviados. "Por fim, é importante destacar que o setor logístico neste ano tem passado por algumas dificuldades, principalmente com a falta de contêiner pelo mundo, o que pode ser um limitador para as exportações", diz o boletim do Imea.






fonte agrolink

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br