Publicidade:

Maggi perde posto de "Rei da Soja" e grupo se torna maior produtor de grãos




 

O grupo SLC Agrícola avança na compra de terra e plantações desbancando a Bom Futuro que até então era a maior produtora de soja do país.

As propriedades da SLC Agrícola foram avaliadas em R$ 6,9 bilhões pela consultoria independente Deloitte Touche Tohmatsu, salto de 75% em relação aos R$ 3,9 bilhões do ano passado, mostra documento enviado ao mercado nesta terça-feira (31).

O valor atual do hectare médio agricultável de propriedade da companhia corresponde a R$ 35.693.

O plantio da companhia deverá passar de 470 mil hectares em 2020/21 para 660 mil hectares na temporada atual. Esse avanço traz grande impacto na produtividade da empresa que, agora, ultrapassa a Bom Futuro – que pertence aos irmãos Elusmar e Eraí Maggi – primos do ex-governador Blairo Maggi.

As avaliações, acrescentou a SLC, consideram apenas a terra nua, não contemplando prédios, instalações, benfeitorias e maquinário.

Fotos

“A avaliação patrimonial tem o objetivo de estabelecer a quantia provável pela qual se negociaria voluntariamente e conscientemente o bem em questão (terras agrícolas), na data de referência, dentro das condições do mercado vigente”, completa.

A incorporação da Terra Santa Agropecuária, trouxe um crescimento para a SLC Agrícola, acordo que fez com que ela se tornasse a Gigante do Agro com o maior volume de terra agricultável.

Dessa forma, o ciclo de 2021/22 será o primeiro da SLC com a incorporação da Terra Santa.

A SLC Agrícola, que ocupava a segunda colocação, informou em novembro que a compra da Terra Santa estava sendo realizada, conforme descrito acima. Sendo assim, ela é agora a proprietária de mais de 581 mil hectares de soja, o que a torna o novo Rei da Soja!
O posto de maior produtor de soja do país pertencia ao Grupo Bom Futuro, com uma área de 530 mil hectares.

A soja, principal cultura cultivada nas unidades da Bom Futuro, com uma média de 280 mil hectares, totalizando uma produção aproximada de 1,3 milhão de toneladas por safra. A SLC Agrícola, fundada em 1977 pelo Grupo SLC, é uma das maiores produtoras mundiais de grãos e fibras, focada na produção de algodão, soja e milho.

Empresa se tornará o novo Rei da Soja! Com Matriz em Porto Alegre (RS), a Empresa possui 16 Unidades de Produção estrategicamente localizadas em 6 estados brasileiros que totalizaram 448.568 hectares no ano-safra 2019/20.

As fazendas estão localizadas nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Pernambuco e Maranhão. 

Agrícola

212 tratores 206 colheitadeiras de grãos 85 colheitadeiras de algodão 209 plantadeiras 161 pulverizadores autopropelidos Em vídeo, pecuarista captura “chupacabra” na fazenda Boi de 15 @ com 12 meses com técnica de Castração Pastagem ruim derruba em 4,1% os preços da reposição Rei da Soja: fazendas valem R$ 7 bilhões, confira as fotos! Vaca Louca, preços e ensinamentos que o passado nos deixa Desempenho operacional – Safra 2020/21.

Soja

Atingimos pelo 3º ano consecutivo novo recorde de produtividade, o que está em linha com a estratégia atual da Companhia de foco em maximizar a eficiência da operação.

Essa produtividade foi 8,1% superior ao projeto inicial e 15,4% superior à média nacional (estimativa fevereiro/2021- CONAB).

Milho

A produtividade do milho segunda safra foi 3,0% superior à safra 2018/19 e 0,7% inferior ao projeto inicial, com uma produtividade de 7.333 kg/ha. Em relação à média nacional a produtividade atingida ficou 34,4% superior. (estimativa fevereiro/2021-CONAB).

fonte : www.reportmt.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br