Publicidade:

Café: Fundamentos seguem sólidos e arábica sobe na Bolsa de Nova York



O mercado futuro do café arábica abriu as cotações desta quinta-feira (2) com leves altas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os contratos voltam a subir após pressão nos preços no último pregão com os dados de avanço das exportações globais de café. 

De acordo com Eduardo Carvalhaes, os fundamentos continuam sendo os mesmos e o cenário ainda é de preços firmes no médio e longo prazo para o café. "Cresce a cada semana a percepção do mercado quanto à seriedade da quebra já consolidada da safra brasileira de café 2022/2023. Além da percepção maior sobre a quebra da safra brasileira em 2022, a falta de estoques no Brasil e nos demais países produtores e consumidores contribuem com a alta", afirma. 

Por volta das 08h29 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha alta de 100 pontos, negociado por 196,65 cents/lbp, março/22 tinha alta de 105 pontos, negociado por 199,30 cents/lbp, maio/22 subia 20 pontos, valendo 199,45 cents/lbp e julho/22 registrava valorização de 20 pontos, valendo 200 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon operava com estabilidade. Novembro/21 tinha queda de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 2063, janeiro/22 tinha baixa de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 2024, março/22 tinha queda de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 1977 e maio/22 tinha alta de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1961.

fonte : noticiasagricolas.com.br

 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br