Publicidade:

Regional de Confresa apreende maquinários usados no desmatamento ilegal no Araguaia



 

A Diretoria Desconcentrada da Sema de Confresa realizou operação na região do Araguaia que resultou na apreensão de tratores, maquinários, armas de fogo e motosserras utilizados em desmatamento ilegal. Um animal silvestre da espécie jabuti, que estava sendo criado em cativeiro, foi solto pela equipe.

A fiscalização, parte da Operação Amazônia, foi realizada entre os dias 26 e 30 de julho e resultou em multa no valor de R$ 127 mil e embargo de 112 hectares. A ação foi coordenada a partir de alertas da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal, que utiliza imagens do Satélite Planet no combate ao desmatamento ilegal.

Foram apreendidos 3 tratores esteira, 1 máquina PC 320, 1 máquina pá carregadeira, 3 armas de fogo e 2 motosserras. Os maquinários foram para os municípios de São Félix do Araguaia, Santa Terezinha e Gaúcha do Norte. As armas ficaram com a Polícia Civil de Santa Terezinha.

Operação Amazônia

A operação Amazônia integra órgãos estaduais e federais, sob coordenação da Sema-MT, para coibir crimes ambientais, monitorar e fiscalizar mudanças na vegetação, promover o embargo de áreas, apreensão e remoção de maquinários flagrados em uso para o crime, e a responsabilização de infratores.

Os 10 municípios que mais desmatam são os principais alvos das ações coordenadas pela Operação Amazônia. São eles: Colniza, Nova Bandeirantes, Aripuanã, Peixoto de Azevedo, Apiacás, Querência, União do Sul, Marcelândia, Juara, e Rondolândia.

O Estado de Mato Grosso já aplicou mais de R$ 979 milhões em multas ambientais nos sete primeiros meses do ano, por meio da Operação Amazônia. A ação faz parte da política de tolerância zero aos ilícitos ambientais determinada pelo governo.

Integram a iniciativa as Secretarias de Estado de Meio Ambiente, de Segurança Pública, o Exército Brasileiro, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT), Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Ministério Público de Mato Grosso (MPMT), Ministério Público Federal (MPF) e Ibama.

fonte : www.nortaonoticas.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br