Publicidade:

Projeções apontam declínio da produção de laranja na Flórida



 

A produção de laranja e toranja vermelha da Flórida (EUA), já em níveis historicamente baixos, provavelmente diminuirá por anos, de acordo com um importante economista de citros. Tom Spreen, professor emérito do Instituto de Ciências Agrárias e Alimentares da Universidade da Flórida, calculou a produção da safra da Flórida durante a temporada de 2031-32 com base em várias suposições de produção e substituição de árvores.

No melhor cenário de Spreen, a produção de laranja ficaria abaixo do nível da temporada 2020-21 de 52,8 milhões de caixas durante a temporada 2028-29. Na temporada 2029-30, a produção poderia atingir 53,2 milhões de caixas, quase ultrapassando o nível de produção de 2020-21. Mas, para atingir esse melhor cenário, os produtores teriam que replantar as árvores perdidas de forma muito mais agressiva do que nos últimos anos.

Em diferentes cenários de produção, usando a taxa atual de substituição de árvores perdidas de 80%, a produção de laranja cairia para 37 milhões de caixas ou 47,8 milhões de caixas em 2031-32. Nesses cenários, a produção não alcançaria o nível 2020-21 em nenhum momento nos próximos 10 anos.

A toranja vermelha não alcançaria o nível de produção de 2020-21 de 3,48 milhões de caixas nos próximos 10 anos, mesmo no melhor cenário de Spreen. Sob a atual taxa de replantio de 50% ou de uma taxa agressiva de 100% de replantio, a toranja vermelha atingiria o pico de 3,16 milhões de caixas em 2022-23 e diminuiria a partir daí. O ponto mais baixo em 10 anos viria no décimo ano, 2031-32, com produção de 2,41 ou 2,85 milhões de caixas.

fonte : www.noticiasagriculas.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br