Publicidade:

Minério de ferro recua pela 5ª sessão com perspectiva de demanda fraca na China



 

contratos futuros do minério de ferro em Dalian recuaram pela quinta sessão consecutiva nesta terça-feira, atingindo uma mínima de mais de quatro meses, à medida que preocupações com o enfraquecimento da demanda chinesa mantêm a matéria-prima siderúrgica sob pressão.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para entrega em janeiro de 2022, fechou em queda de 1,3%, a 853 iuanes (131,64 dólares) por tonelada, após tocar a marca de 823 iuanes, menor patamar desde 26 de março.

Na bolsa de Cingapura, o contrato mais ativo do minério de ferro, para setembro, recuava 0,8%, a 159,25 dólares/tonelada. Mais cedo na sessão, alcançou mínima de 156,30 dólares, mais baixo nível desde 19 de abril.

Já o preço "spot" do minério de ferro foi negociado a 168,50 dólares por tonelada na segunda-feira, mínima desde 2 de abril, de acordo com dados da consultoria SteelHome.

Os preços do minério de ferro colapsaram desde as máximas recordes atingidas em maio, pressionados pela decisão da China de reduzir a produção de aço em linha com seus esforços de descarbonização.

O setor siderúrgico mundial terá de priorizar a descarbonização para atender à desafiadora meta de reduzir emissões em 75% e manter o aquecimento global dentro dos 2 graus Celsius, afirmou a consultoria Wood Mackenzie.

"As economias avançadas precisarão fazer mais para reduzir emissões através de novos caminhos inovadores para a produção de aço, como o uso de hidrogênio", disse Mihir Vora, analista-sênior da Wood Mackenzie.

fonte : www.noticiasagriculas.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br