Publicidade:

Fazendeiro continua com bala alojada na cabeça; estado de saúde é grave



 

O aposentado José Carlos Carrilho Martinez, 69 anos, baleado durante um assalto na quarta-feira (11), em uma fazenda na zona rural de São José do Rio Claro (315 km de Cuiabá), continua com a bala alojada na cabeça. O quadro de saúde dele ainda é considerado grave. 

No dia do crime, a esposa dele Jairde Alexandre Martinez, 65 anos, foi brutalmente espancada até a morte pelos assaltantes. Dois dos criminosos morreram ao trocar tiros com a Polícia Militar e três foram presos.

Para o , um dos filhos do casal informou que no domingo (15) saiu um boletim médico onde a família foi informada que o idoso continua com a bala alojada na cabeça.

"Não houve alteração no quadro clínico nas últimas 24 horas. Estado muito grave. Os médicos falaram que isso é bom porque ele tem que estabilizar primeiro para depois começar a melhorar".

Filho de idosa morta em assalto afirma que um dos bandidos era conhecido da família 

José Carlos encontra-se internado no leito de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Ele ainda deverá ser submetido a uma cirurgia para retirada do projétil.

De acordo com o boletim de ocorrência, sete criminosos armados invadiram a propriedade e renderam o casal. José Carlos chegou a ter as mãos amarradas pelos bandidos.

O objetivo da quadrilha era levar algumas cabeças de gado que tinha no pasto, no entanto, a PM chegou antes que eles pudessem concluir o roubo.

Em um primeiro momento, dois ladrões foram capturados na estrada próxima à fazenda. Eles estavam numa caminhonete L200. Em seguida, já na propriedade, os militares trocaram tiros com dois assaltantes que morreram ainda no local.

A dupla foi identificada como Sávio Henrique Santos Arquaz, 25 anos, e Jean Carlos dos Santos, 23 anos. Segundo a família da vítima, Sávio era conhecido do casal e filho de um sargento da PM aposentado.

Leia também

Ladrões de gado invadem fazenda, matam idosa e trocam tiros com a PM

Três dos bandidos que participaram do assalto fugiram para uma região de mata, mas a PM conseguiu capturar um deles.  

Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para apurar o caso.

fonte  : www.reportmt.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br