Publicidade:

Empresa de mineração é investiga pelo MPF sob suspeita de danos ambientais



 

O Ministério Público Federal (MPF) em Mato grosso abriu inquérito para investigar supostas ilegalidade quanto à área de lavra da empresa NX Gold, na cidade de Nova Xavantina. Informação consta no Diário do MPF publicado nesta quarta-feira (18).

Inquérito foi instaurado “considerando que as condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, as sanções penais e administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causado”. Documento é assinado pelo procurador da República Everton Pereira Aguiar Araújo.

Em 2015, um Termo de Ajuste de Conduta foi firmado entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) de Água Boa e a empresa NX Gold, que descumpriu obrigações trabalhistas.

A empresa teve que pagar, a título de danos morais coletivos, R$ 500 mil de indenização à Comissão Pastoral da Terra (CPT) e à ONG Repórter Brasil, ambas atuantes contra o trabalho escravo

Na ocasião, a NX Gold foi acusada de descumprir Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que estabelecem os requisitos e condições mínimas para garantir a saúde e a segurança dos empregados nas minas e nas atividades envolvendo eletricidade.

fonte : www.nortaonoticias.om.br
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br